Busca:

Oseinha



Dados Artísticos

Ligado ao forró, teve músicas gravadas por Mestre Zinho, Trio Nordestino, Dominguinhos, Assissão, Marinês e Luiz Gonzaga, entre outros. Teve uma de suas primeiras composições gravadas em 1984, o forró "Xuxu para um xuxu", com João Gonçalves, registrada no LP "Dê xuxu pra ela", lançado pela gravadora Araponga/Lança/Polygram, pelo cantor João Gonçalves. Em 1985, teve três composições gravadas por Gabriel Fontes em LP lançado pela Musicolor/Continental: "Madalena"; "Naquela pracinha", e "Como é que vai", parcerias com Gabriel Fontes. No mesmo ano, o "Forró do quem quer", com Antônio Barros, foi gravado por Dominguinhos, no LP "Isso aqui tá bom demais", da RCA Camden. Ainda nesse ano, as músicas "Eu quero ver" e "Eu só quero você", parcerias com Nonato do Cavaquinho, foram gravadas no LP "Alegria, alegria, alegria", lançado pela Tropical/Polygram, pelo cantor Nonato do Cavaquinho. Fez sucesso em 1986 com o forró "Chegue pra chamegar", com Bastinho Calixto, gravado pela cantora Hermelinda, irmã de Carlos André e João Mossoró, no LP "Forró verdadeiro", da gravadora Chantecler. Ainda nesse ano, Carlos André gravou "Na parede da paixão", com Cecéu, música que deu título ao disco; "Rio de lágrimas", com Iranilson e Luciano; "Encostar a cabecinha", com Ivan Peter e Beto Lemo, e "Fronteira do México (South Of The Border)", de J. Kennedy, M. Carr e Sagica, para a qual fez versão com Juca Medalha. Também em 1986, teve gravadas por João Gonçalves, no LP "Forró pra gente bem", lançado pela Continental, os forrós "Mané Coió", "Letra z" e "Eu Tô assim", as três com João Gonçalves e Glorinha. Ainda nesse período, seis composições foram incluídas pelo artista André Amazonas, no LP "Uma guitarra especial", lançado pela Chantecler: "Tá legal", com Evandro; "Lambada do meu povão"; "Saudade do Ceará"; "Um forró pra você"; "Festa em Caapiranga", com André Amazonas, e "Balanço gostoso", com André Amazonas e Iranilson. Em 1987, a cantora Eliana gravou, na RCA Victor, "Carência de chamego", parceria com Hermelinda. Nesse ano, obteve seu maior sucesso com o forró "De fiá pavi", parceria com João Silva e que deu título ao LP lançado na RCA Vik por Luis Gonzaga, disco no qual foi incluído também "Forró no interior (Furum firim)", também parceria com João Silva. Também em 1987, "Rio de amarguras", com Maurílio Costa, foi gravada por Marinês, no LP "Balaio de paixão", da RCA Vik. Em 1988, teve três composições gravadas por Sirano, no LP "Bom à bessa", lançado pelo mesmo, pela gravadora Chantecler: "Tem dó de eu"; "Bom à bessa", e "Fungado", parcerias com Sirano. No ano seguinte, "De fiá pavi" foi gravado por Joquinha Gonzaga. Ainda em 1989, as músicas "Eu dou tudo", com Jony Peter e Sales, e "Simples toque", com Jony Peter e Iranilson, foram gravadas por Carlos André, no LP "Na estrada do amor",da Chantecler. Em 1990, Adelino Nascimento gravou, pela BMG Ariola, a composição "Sofro calado", com Adelino Nascimento. No ano seguinte, Jony Peter gravou "Minha mansão" e "É tão fácil para mim", ambas com com Jony Peter e Francisco Sales. Em 1994, os forrós "Na camarinha" e "Aí o pau come", com Zinho, e "Auê", com João Silva, gravadas por Zinho e Banda Girassol em disco BMG-Ariola. No mesmo ano, os xotes "Dor de doer", e "Não quero te perder", com Cassiano Costa e Chiquinho do Forró, além de "Não importa se chorei", com Cassiano Costa, foram gravados por Carlos Rilmar na BMG-Ariola. Em mais de vinte anos de carreira, teve mais de quarenta músicas gravadas.

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Eumir Deodato
3 Chico Buarque
4 Assis Valente
5 Noel Rosa
6 Dorival Caymmi
7 Tom Jobim
8 Lupicínio Rodrigues
9 Caetano Veloso
10 Romildo