Busca:

Os Selvagens



Dados Artísticos

Grupo de rock criado em 1965 pelos irmãos Leonardo Cario e Mário Cario, que tocavam guitarras. Com a entrada posterior de Hilton Ribeiro, no baixo, e Edgard Borges, na bateria, estava criado o conjunto Os Selvages. Passaram a tocar em diferentes bailes pela cidade do Rio de Janeiro. Contratados pela gravadora Caravelle, lançaram, em 1968, o LP "Os Selvagens" que incluiu as músicas "Te Quero Bem", de Mário Carion e Marcos Ferreira; "Vivo Pra Você (Catch Us If Can)", de Dave Clark e Lenny Davidson, versão de Marcos Pinho Ferreira; "O Gavião", de Rubens Coutino, José Chaves e Sebastião Fernandes; "Vem Amor", de Malú e Carola; "A Praça", de Carlos Imperial; "O Segredo", de Mário Carion e Marcos Ferreira; "Temas do Nosso Amor", de Ricardo Visentin e Luis César; "Tenho Que Esperar", de Mário Carion e Marcos Ferreira; "We Gotta Get Out Of This Place", de Barry Mann e C. Wolff; "Tudo na Vida", de Milton de Jesus; "Lamento de Amor", de Ricardo Visentin e Luis César, e "Você Foi Pra Longe", de Mike Nesmith, versão de Marcos Pinho Ferreira. Em 1970, já pelo selo Epic/CBS, lançaram o segundo LP com as músicas "Juro (Grovin) (Out On Life)", de B. Charles, versão de Rossini Pinto; "Maria José", de Dom; "Você Já Não É Meu Grande Bem", de Álvaro Menezes; "Não Vou Negar (Heaven Knows)", de H. Price e D. Walsh; "Você Não Liga Pra Mim (Green Tambourine)", de Shelley Pinz e Paul Leka; "Deixa Pra Lá (Swingin Tight)", de M. Barkan e B. Barash; "Sabes Que Eu Te Amo (Baby I Couldn't See)", de Dave Myers e John Worsley; "Sou Tímido (Soy Timido)", de M. Najar; "Não Devia Ver Você Passar (Who'll Stop The Rain)", de John Fogerty, e "Vem Ficar Aqui Comigo (Rainy Jane)", de Neil Sedaka e Howard Greenfield, todas em versões de Rossini Pinto, além de "Meu Erro", de Reynaldo Rayol e Rossini Pinto, e "Coração de Pedra", de Pedro Paulo e João José. Em 1971, foi lançado o LP "Don't Leave Me Now", música título de Rossini Pinto e Renato Corrêa, e que incluiu ainda as composições "A Moça do Vestido Vermelho" e "A Sua Mãe", ambas de Rossini Pinto; "Se Eu Não Voltar", de Álvaro Menezes, e "Carcereiro", de Rossini Pinto e Solange Corrêa, além de seis versões "Mundo Selvagem (Wild World)", de Cat Stevens; "Deixe Estar Como Está (Put Your Hand In The Hand)", de Gene MacLellan; "Sinto Muito (Sweet Mary)", de S. Jablecki, e "Vá Dizer a Ela (Hello To Mary)", de M. Minerbi e F. Piccarreda, em versões de Rossini Pinto, e "Você Falhou (If Not For You)", de Bob Dylan, e "Tempo Perdido (Silver Moon)", de M. Nesmith, em versões de Álvaro Menezes. Em 1972, em um momento de transição do rock no Brasil, com o declínio da Jovem Guarda, lançaram apenas um compacto simples com as músicas "História De Um Broche", de Rossini Pinto e Jean Pierre, e "O Jornalista (O Enviado Especial)", de Rossini Pinto. Em 1973, lançaram um compacto duplo com as composições "O Amor É Como O Vento (The Cards)", de Daniel Vangarde, Jack Fishman e Franck Gérald; "Itchy Koo Koo", de Audrey Nohra Stainton, Gianni Meccia e Alice Dona; "Perdida Esperança (Trop Belle Pour Rester Seule)", de Daniel Vangarde, C. Carrere e J. Schmitt, as três em versões de Rossini Pinto, e "Assim Seja", de José Barreto. Em 1974, ainda pela Epic/CBS, voltaram a lançar um LP com a gravação de "Os Selvagens", mesmo título dos dois primeiros discos do grupo. Neste LP, o grupo mostrou um trabalho diversificado, que incluiu as músicas "My Baby", de Philips e Washington; "Você Mentiu (Friend And A Lover)", de Wes Farrell, Danny Janssen e Bobby Hart; "Nossas Férias (Viens C'est Les Vacances)", de G. Dubeau e J. P. Sedjerrari; "Eu e Você (Me And You)", de J. Burn's, Joe, D. Jones e D. MacLean; "Sou Tão Feliz (Black And White)", de David Arkin e Earl Robinson, todas em versões de Rossini Pinto; "Eu Como", de Rossini Pinto, compositor muito presente nos trabalhos do conjunto; os sucessos da "Sangue Latino", de João Ricardo e Paulinho Mendonça, e "Vira", de  João Ricardo e Luhli, êxitos do grupo Secos & Molhados, e "O Homem de Nazareth", de Cláudio Fontana, além dos clássicos da música popular brasileira "Carinhoso", de Pixinguinha e João de Barro, e " O Menino da Porteira", de Teddy Vieira e Luisinho, e a clássica rumba "Babalú", de Margarita Lecuona. No mesmo ano, lançaram um compacto simples com as músicas "Querida (Cherie Sha La La)", de C. Gordanne, J. Van Loo  e I. Wira, e "Eu e Você (Me And You)", de J. Burn's, Joe, D. Jones e D. MacLean, versões de Rossini Pinto. Em 1976, também pelo selo Epic/CBS, lançaram o LP "Os Selvagens", que acabaria por ser o último do grupo, e que contou com a ampla participação do compositor Rossini Pinto, autor de nove verões: "Só Você Me Entende (Dreams Are Tem a Penny)", de J. Carter e G. Shakespeare; "Dina Dina Dina (Gin-ny)", de H. G. Moslener e M. Oberdorffer; "Você É Tudo Que Eu Quero (And Then He Kissed Me)", de Jeff Barry, Ellie Greenwich e Phil Spector; "Algo Novo Em Tua Vida (Viejo Ladron de Sueños)", de G. Cimadevilla e C. Nilson; "Sobrinho de Morte (Sunday Morning)", de D. Daniel e J. Jamison; "Salve a Nossa Festa (Shang-a-lang)", de B. Martin e P. Coulter; "O Vendedor (Lavender Man)", de J. Carter e G. Shakespeare; "Eu Me Apaixonei (Bad Time)", de M. Farner, e "Eu Tenho Um Amor (Por Ti Perdi La Cabeza)", de Rabito, além de "Pobre da Velhinha", de Rossini Pinto e Israel dos Santos Henriques. Também fizeram parte do repertório do disco as músicas "Meu Primeiro Amor", de Mauro Motta e Renato Barros, e "Pobre Menina Rica", de J. R. Almeida e Waldir Souto. Além das inúmeras apresentações em bailes por todo o Rio de Janeiro e outras cidades, o conjunto gravou um total de 5 LPs.

Mais visitados
da semana

1 Agnaldo Timóteo
2 Tiee
3 Noel Rosa
4 Claudio Cartier
5 Tom Jobim
6 Caetano Veloso
7 Gonzaguinha
8 Sivuca
9 Luiz Gonzaga
10 Vinicius de Moraes