Busca:

Orquestra Típica Victor



Dados Artísticos

Grupo instrumental criado pelo maestro Radamés Gnattali no começo da década de 1930 para atuar na gravadora Victor. Sua formação inicial tinha Radamés Gnattali, no piano, Romeu Ghipsman, Célio Nogueira e Jaime Marchevsky, nos violinos, Luiz Americano, na clarineta e sax-alto, Dante Santoro, flauta, Luciano Perrone, na bateria, vibrafones e sino, Oswaldo Alves, no baixo, Luperce Miranda, no bandolim, Bonfíglio de Oliveira, no trompete, Rogério Guimarães, no violão, e Antenógenes Silva, no acordeom. Formando uma verdadeira seleção de músicos, dos melhores em cada instrumento em sua época, a orquestra realizou suas primeiras gravações em setembro e outubro de 1930, com as valsas "Confissão" e "Abismo De Amor", e as mazurcas "Aurora" e "Romântica", todas de A. C. Sala. Ainda em 1930, a orquestra acompanhou o cantor Arnaldo Pescuma na gravação do samba "Você já deu seu coração", de Rogério Guimarães e Randoval Montenegro, Sílvio Caldas, no samba "Segue teu destino", de Saul de Carvalho e O. Bittencourt, e na marcha "Psiu, meu bem", de J, Ferreira Lixa e José Janini, e Francisco Alves na valsa "Amores de estudante", de Carlos Gardel, versão de Renato Braga, e no tango "Meu Buenos Aires querido", de Carlos Gardel em versão de João de Barro, o Braguinha. Em 1932, gravou as valsas "Morrer Sem Ter Amado" e "Último Beijo", ambas de Zequinha de Abreu. No mesmo ano, foram registradas as valsas "Vibrações D'alma", de Radamés Gnattali, e "Só Pelo Amor Vale a Vida", de Zequinha de Abreu, lançadas em disco apenas no ano seguinte. No mesmo ano, acompanhou o cantor César Pereira Braga na gravação da canção "Gauchinha", de Luiz Cosme e Josué de Barros, e da mazurca "Gosto de chimarrão", de Radamés Gnattali e Josué de Barros. Em 1933, foram gravados mais três discos, com cinco gravações, as valsas "Minha Valsa", de Zequinha de Abreu, com vocal de  César Pereira Braga, "Saudosa", de Radamés Gnattali, e "Marcília" e "Esse Luar", de Antenógenes Silva, e a polca "Conversa Fiada", de Radamés Gnattali, esta última em disco dividido com o grupo Diabos do Céu. Em 1934, foram lançados mais cinco discos, com dez gravações, as valsas "Última Ilusão", de Artur Pistelli, "Cardem", de Antenógenes Silva, "Beijos Divinais", "Ressurreição", "Primavera de Beijos", "Saudoso Adeus" e "Lágrimas de Amor", de Zequinha de Abreu, "Rosa" e "Catita", de Octávio Dutra, e o choro "Sururu na Cidade", de Zequinha de Abreu. Em 1935, foram registradas as valsas "Juras De Amor", "Antigamente", "Nas Margens Do Paraíba" e "Sob A Tristeza Da Tarde", de José Maria de Abreu, "Berenice" e "Entardecer", de Radamés Gnattali, os choros "Saudoso", "Dengoso" e "Tristonho", de Radamés Gnattali, e a polca-choro "Estilo Da Vila", de Radamés Gnattali. Em 1936, foram registradas as valsas "Duas Da Manhã (2 Da Manhã)", "Primavera De Amor", "Zeli" e "Relembrando O Passado", de Radamés Gnattali, "Derradeira Ilusão" e "Quando Os Lilases Reflorescem", de José Maria de Abreu, e "Lilisa", de Carlos Rêgo Barros de Souza, e os choros "Arroz Doce", "Aguenta O Leme" e "Orgulhoso" , de José Maria de Abreu e Carlos Rêgo Barros de Souza, "Amoroso", de Radamés Gnattali, e "Isso É Nosso", de Bonfíglio de Oliveira. No mesmo ano, acompanhou o cantor Augusto de Sá Jr na gravação das canções "Caboco de junco", de Joubert de Carvalho e Milton Macedo, e "Meu amor, meu amor", de Joubert de Carvalho. Em 1937, foram gravados os choros "O Que Se Pode Arranjar" e "Saudades de Guará", de Bonfíglio de Oliveira. Em 1943, depois de seis anos sem novas gravações foram registrados os choros "Tristonho" e "Entardecer", de Radamés Gnattali. Em 1945, foram relançados três discos com as valsas "Saudoso Adeus", "Lágrimas de Amor", "Beijos Divinais" e "Primavera de Beijos", de Zequinha de Abreu, e "Marcília" e "Esse Luar",de Antenógenes Silva. Atuou por cerca de sete anos, deixando 24 discos gravados com 23 músicas, especialmente valsas e choros, as especialidades da orquestra.

Mais visitados
da semana

1 Acyr Marques
2 Geraldo Pereira
3 Caetano Veloso
4 Dorival Caymmi
5 Noel Rosa
6 Hermeto Pascoal
7 Roberto Luna
8 Tom Jobim
9 Nelson Cavaquinho
10 Francisco Mignone