Busca:

Nilton Pereira

Nilton Pereira
Circa 1930 Rio de Janeiro

Dados Artísticos

Teve sua primeira composição gravada em 1956, a toada " Malvada Saudade", com Nilo Ramos, lançada por Jair Alves, pela RCA Victor. Em 1957, o samba "Por Que Você Casou", com Edgardo Luis, foi lançado por Jair Avelar pela Todamérica. No mesmo ano, seu beguine "Tarde Demais", com Edgardo Luis, recebeu duas gravações diferentes, a do conjunto vocal Os Cariocas, pela Mocambo, e a do Conjunto Melódico Norberto Baldauf, para o LP "Week end no Rio", da Odeon. Em 1958, o samba "Por Que Você Casou" foi registrado no LP "Week end no Rio Nº 2 - Conjunto Melódico Norberto Baldauf", da Odeon. Nesse mesmo ano, o beguine "Tarde Demais" foi registrado pelo cantor Gaúcho no LP "Ritmos a la carte - Gaúcho e Seu Conjunto Melódico", da Odeon. Em 1959, a cantora Odete Amaral, no LP "Tudo lembra você", da Todamérica, registrou o reguine " Tarde Demais", e o pianista Paulinho, pela Copacabana, gravou no LP "Ritmo fascinante Nº 3 - Paulinho e Seu Piano" o samba canção "Mais Um Outono", com Ivan Paulo. Nesse ano, conheceu seu maior sucesso, o samba "Cartão de Visita", com Edgardo Luis, gravado por Mirzo Barroso, pela Polydor e pela cantora Doris Monteiro em LP da Columbia. Em 1960, Silvio Silva, o ''O Garoto Assobiador'', gravou na Odeon a valsa "Se É Um Sonho", com Evaldo José, enquanto Anísio Silva, em LP da Odeon, lançou o bolero "Tenta Sorrir", com Ivan Paulo. No mesmo ano, Elza Soares gravou "Cartão de visita" no LP "Se acaso você chegasse", da Odeon. Em 1961, o instrumentista Moacir Marques, no LP "A você, debutante - Moacir Marques e Seu Conjunto", do selo Albatroz, registrou o samba "Se Tudo Der Certinho", com Ivan Paulo. Nesse ano, o samba "Cartão de visita" fez parte do LP "Sucessos do ano", lançado na Philips pelo grupo Lyra de Xopotó. Em 1962, Pery Ribeiro, no LP "Pery Ribeiro e seu mundo de canções românticas", da Odeon, gravou o samba canção "Tenta Sorrir". Em 1963, o samba-canção "Eu Quero Amar", com Romeo Nunes, foi gravado pela cantora Elizeth Cardoso e incluído no LP "A meiga Elizete Nº 3", da Copacabana. No mesmo ano, o samba "Cartão de Visita" teve três gravações diferentes, a do instrumentista Manoel da Conceição para o LP "Manoel da Conceição seu violão e muito samba", da Polydor, do acordeonista Caçulinha para o LP "Música dentro da noite - Caçulinha e Seu Conjunto", da Chantecler, e de Doris Monteiro para o LP "Sucessos da Bossa Nova", do selo Entré/CBS. Em 1964, "Se Tudo Der Certinho", com Ivan Paulo, foi gravado por Jean Kelson, para o LP "Cores e ritmos - Orquestra Jean Kelson", da Copacabana. Em 1965, o samba "Tudo de Bom", com Barbosa da Silva, foi lançado pela cantora Dalva Barbosa no LP "Bom é samba", da Polydor. No mesmo ano, a cantora Dalva de Andrade gravou o samba "Gelo" para o LP "A luminosa estrela" da gravadora Philips. Em 1966, o samba "João Gamadão" foi lançado por Doris Monteiro no LP "Simplesmente", da Odeon. No mesmo ano, a cantora Elza Soares no LP "Com a bola branca" gravou o samba "Tudo É Balanço", com Niquinho. Em 1968, o samba "Cartão de visita" foi relançado por Wilson Simonal no LP "Alegria, alegris VOL. 2 ou Quem não tem swing morre com a boca cheia de formiga", da Odeon. Em 1969, teve mais uma composição gravada pela cantora Doris Monteiro, "Não Fale Em Samba" incluído no LP "Mudando de conversa" da Odeon. Em 1971, o cantor Orlando Dias, no LP "O Rei dos auditorios" da gravadora Odeon, gravou o samba canção "Preciso de Você", com Otaviano de Souza Cruz. Em 1972, a cantora Eliana Pittman gravou pela Odeon o samba "Um Sonho a Mais", com William Prado. Em 1974, o samba "Saudade e Flores", com Adeílton Alves, recebeu gravações do grupo Originais do Samba para o LP  "Pra que tristeza", da RCA Victor, de José Briamonte, no LP "Agora é samba - Vol. 3", do selo Coronado/EMI-Odeon, e do grupo Conjunto Garra Brasileira, para o LP "Super Garra Brasileira", da Som Livre. Teve músicas gravadas por Doris Monteiro, Elza Soares, Elizeth Cardoso, Odete Amaral, Eliana Pittman e Orlando Dias, entre outros.

Mais visitados
da semana

1 Creone e Barrerito
2 Trio Parada Dura
3 Tiee
4 Noel Rosa
5 Caetano Veloso
6 O Trio do Brasil
7 Paulinho da Viola
8 Bruno e Marrone
9 Zé Paulo
10 Cacaso