Busca:

Nhô Fio


São Paulo

Dados Artísticos

A partir de 1930, formou dupla com Nhô Pai, com o qual obteve diversos êxitos. Atuou ainda ao lado de outros artistas. Em 1941, gravou com Tonico, da dupla Tonico e Tinoco, as modas de viola "Vida de carreiro" e "Briguei com a moreninha", ambas de sua autoria, o rasqueado "Rumo a Ponta Porã", feito em parceria com Rielinho e a rancheira "Saudosa", de sua autoria. Em 1943, voltou a gravar com Tonico a moda de viola "As veis é bão", de sua autoria e Pasquini, e a rancheira "Moreninha do pinhal", de Capitão Balduíno e Rielinho. Em 1943, gravou com Nhô Pai, as modas de viola "Pião paulistano", de sua autoria, e "Seleção da bicharada", em parceria com Edgar Cardoso. Em 1944, gravou com Nhô Pai as modas de viola, que eram a especialidade da dupla, "Ranchinho véio" e "Moda dos filme". Muitas das modas de viola que compôs e gravou retratavam aspectos do cotidiano, nem sempre relacionados com o dia-a-dia do caipira, mas também da cidade grande, como é o caso da modas de viola "Corinthians x São Paulo", feita em parceria com Nhô Pai e que retrata questões ligadas ao futebol e a um dos principais jogos entre times de São Paulo. Seguiu gravando com diferentes parceiros até os anos 1960.

Mais visitados
da semana

1 Música Sertaneja
2 Dorival Caymmi
3 Caetano Veloso
4 Tom Jobim
5 Noel Rosa
6 Lupicínio Rodrigues
7 Assis Valente
8 Hermeto Pascoal
9 Chico Buarque
10 Dona Ivone Lara