Busca:

Nhô Chico



Dados Artísticos

Em 1974, participou do último show do curureiro Parafuso, que foi gravado em disco pelo pesquisador e produtor Marcus Pereira e lançado no volume 1, da série "Música popular do centro-oeste e sudeste", cantando com Parafuso o cururu "Desafio", de autoria dos dois. Em 1980, a toada "Moradia", parceria com  Tião Carreiro e Craveiro, foi gravada  pela dupla Craveiro e Cravinho. No mesmo ano, a moda-de-viola "Peão entrevado", com Samaritano, foi gravada pela dupla Garcia e Laudir e "A lei do amor", parceria com Amaí e Economista, foi gravada pela dupla Economista e Contador, e, ainda, "Bebê de proveta", com  Galileu, pela dupla Galileu e Samaritano. Em 1981, a dupla Claudemir e Paulo Rogério gravou o cururu "Você errou primeiro" no LP "Minha estrela guia" do selo Canta Viola. Em 1982, teve gravada a primeira de suas composições com Dino Franco, a moda-de-viola "Caboclo na cidade" lançada pela dupla Dino Franco e Mouraí, no LP "Rancho da paz", moda que se tornaria um clássico da música sertaneja. No ano seguinte, a moda-de-viola "Negrinho Parafuso", com Tião Carreiro, foi gravada, na Chantecler, pela dupla Tião Carreiro e Pardinho. Também em 1983, Dino Franco e Mouraí gravaram a moda "A volta do caboclo", com Dino Franco. Em 1984, a moda-de-viola "O Maior calote", com Dino Franco, foi gravada no LP "Manto estrelado" que a dupla Dino Franco e Mouraí lançou pela Chantecler. Um ano depois, no LP "Em modas de viola", que a dupla Dino Franco e Mouraí gravou na Chantecler, foi incluída a moda-de-viola "A moda do cachaceiro", parceria com Dino Franco. Ainda em 1985, a dupla Tião Carreiro e Pardinho gravou, pela Continental, a toada "Moradia", com Tião Carreiro e Craveiro. No ano de 1986, o LP "Modas-de-viola volume 2", da dupla Dino Franco e Mouraí, trouxe dois dos maiores sucessos da dupla: "Brasil viola" e "Linha reta", ambas em parceria com Dino Franco. Ainda nesse ano, a composição "Caboclo centenário", com Dino Franco, foi lançada pela mesma dupla Dino Franco e Mouraí, no LP "Canção para um amor eterno", tendo ainda a toada "Amor precipitado", com Taviano, gravada pela dupla Zé do Cedro e João do Pinho. Em 1988, a moda-de-viola "Cavalgada", com Dino Franco, foi registrada por Dino Franco e Mouraí. Em 1989, compôs, com Tião do Carro, a moda "Futebol de amor", que foi lançada pela dupla Cacique e Pajé. Em 1990, no LP "Pôr do sol", o primeiro que a dupla Dino Franco e Moraí gravou na RGR, foi incluída a moda-de-viola "Candidato caipira", com Dino Franco. Em 1992, a moda-de-viola "O Maior calote", com Dino Franco, foi regravada pela dupla João Mulato e Pardinho. Dois anos depois, "Minha mensagem", com Dino Franco, foi lançada pela dupla Dino Franco e Mouraí. Por essa época, a moda "Pedro Chiquito", com Apolonio, uma homenagem ao curureiro Pedro Chiquito, foi gravada pela dupla Tião do Carro e Zé Matão. Em 1996, a moda-de-viola "Caboclo na cidade", com Dino Franco, foi gravada pela dupla Chitãozinho e Xororó no Cd "Clássicos sertanejos" da PolyGram. Em 2005, o CD "Dino Franco e Mouraí - Os maiores sucessos" incluiu cinco parcerias suas com Dino Franco e que foram sucesso em gravações da dupla Dino Franco e Mouraí: "Caboclo na cidade"; "Minha mensagem"; "A cachaça e o fumo"; "Brasil viola" e "Linha reta". Compositor especializado em modas-de-viola e que teve composições gravadas por duplas importantes como Chitãozinho e Xororó, Dino Franco e Mouraí, João Mulato e Pardinho, Cacique e Pajé, Craveiro e Cravinho e Tião Carreiro e Pardinho, entre outras, teve como seu maior sucesso a moda-de-viola "Caboclo na cidade", parceria com Dino Franco, considerada um clássico da música sertaneja. Em 2010, teve a música "Moradia", parceria sua com Tião Carreiro, gravada pela cantora Bruna Viola, em seu primeiro CD solo.

Mais visitados
da semana

1 Pixinguinha
2 Eumir Deodato
3 Luiz Gonzaga
4 Raul Seixas
5 Garoto
6 Elza Soares
7 Nelson Gonçalves
8 Assis Valente
9 Dorival Caymmi
10 Caetano Veloso