Busca:

Nelson Ferraz

Nelson Ferraz
Circa 1920 Rio de Janeiro

Dados Artísticos

Começando a carreira como ator, gravou pela Columbia, em 1955, o LP "Brasiliana - Teatro folclórico brasileiro" no qual interpretou os sambas-canção "Velha Bahia", de José Camargo e Orlando Monello; "Peguei um ita no norte", de Dorival Caymmi; "Ninguém me ama", de Antônio Maria e Fernando Lobo;  e "Roda moenda", de Haroldo Costa; o frevo "Carrapatão", de José Prates; o choro "Gingando", de E. Costa e S. César; um pot-pourri de maracatus com obras de Capiba, Irmãos Valença e José Prates, e o samba-jongo "Vou vender meu barco", de A. Valentim e Costa Lima. Em 1956, gravou pela Continental, com acompanhamento da orquestra de Radamés Gnattali, o LP "Lamento negro", com a interpretação dos sambas "Terra seca", de Ary Barroso; "Algodão", de Custódio Mesquita e David Nasser, e "Navio negreiro", de Alcyr Pires Vermelho, Sá Roris e J. Piedade; as canções "Leilão", de Hekel Tavares e Joraci Camargo; "Banzo", de Hekel Tavares e Murilo Araújo; o canto de alufá "Funeral dum Rei Nagô", de Hekel Tavares e Murilo Araújo; o batuque "Lamento negro", de Humberto Porto e Constantino Silva - o Secundino, e o samba-canção "Preto velho", de Custódio Mesquita e Jorge Faraj. Embora somente tenha deixado dois discos gravados, seus trabalhos tornaram-se altamente raros e o LP "Lamento negro" alcança valores que chegam a quase R$ 400,00, valor considerável nos anos 2000, em se tratando de um LP.

Mais visitados
da semana

1 Chitãozinho e Xororó
2 Festivais de Música Popular
3 Caetano Veloso
4 Hermeto Pascoal
5 João Gilberto
6 Tom Jobim
7 Noel Rosa
8 Dorival Caymmi
9 Luiz Gonzaga
10 Chico Buarque