Busca:

Mozart Laranjeira

Mozart Almeida Laranjeira
4/5/1968 Caruaru, PE

Dados Artísticos

Em 1985, influenciado pelo boom do rock nacional, criou, com amigos, o grupo "Laranja Mecânica", no qual tocava guitarra. Em 1989, mudou-se para a cidade de Paulo Afonso, na Bahia, e abandonou momentaneamente a música. No início dos anos 1990, retornou à vida artística, quando recebeu um convite para integrar a banda Plataforma 5.
Em 1992, voltou para  Recife e foi convidado a trabalhar com o grupo Duplo Sentido. Nessa mesma época, começou a se apresentar em bares, tocando baixo. Em 1994, passou a atuar com a banda Planeta Capital, dedicada a tocar ritmos pernambucanos, ficando por quatro anos com o grupo e chegando a gravar um CD demo. Em 1998, foi convidado pelo ex-baterista do Planeta Capital a ir para o Rio de Janeiro, para tocar contra-baixo na Banda Lua. Atuou nesta Banda durante três anos. Em 1999, tocou com Oldair José e começou a se direcionar para o forró pé-de-serra. No mesmo ano, participou de gravações dos cantores bregas Tarcísio Costa, Elvis Antony e Fernando Bejane. Em 2000, conheceu Jadiel Guerra e começou a se direcionar para o forró, por influência do percussionista pernambucano Passarinho. No mesmo ano, fez show na Quinta do Bosque com Jadiel Guerra e o Trio Forrobodó, no 1º Festival Rio de Forró. Nesse período, participou de diversos eventos com o baterista Adilson Werneck, através do qual conheceu a cantora Suellen, cantora de MPB, com quem passou a atuar em diferentes shows em bares e eventos no Rio.
Em 2001, foi convidado a atuar na Banda Bambakerê, um grupo de axé. Pouco depois, participou também da Banda Som das Ondas, uma banda de bailes com repertório variado. Em 2002, tomou parte nas gravações do CD "Forró na lua", de Jadiel Guerra, lançado no ano seguinte pela Atração Fonográfica, tocando com Zé Menezes, Durval Pereira e o sanfoneiro Severo. No mesmo ano, tocou na Orquestra Guarany, de Niterói. Em 2003, passou a atuar em 3 grupos diferentes de forró: Jadiel Guerra e Trio Forrobodó; Trio Beija Flor e Forró de Raiz. Nesse ano acompanhou a cantora Roberta do Recife. Ainda nesse período, passou a fazer parte do elenco de atrações permanentes da Feira de São Cristovão, no Rio de Janeiro, atuando com o Trio Forró Pesado. Em 2004, tocou, acompanhando Marinês em sua tournê pelo Rio de Janeiro, incluindo grande apresentação no palco Luiz Gonzaga, na Feira de São Cristóvão. Também no mesmo ano, participou do movimento de revigoração do forró no Rio de Janeiro, tocando na casa Forró na Praia, na Barra da Tijuca, em acompanhamento a Jadiel Guerra e o sanfoneiro Severo. Em 2005, entre outros, tocou nos dois principais palcos do Centro de Convenções Nordestinas, acompanhando Jadiel Guerra em show de homenagem a Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro. Nesse mesmo ano, participou da gravação do 3º CD do grupo Trio Pé-de-Serra e também do 1º CD do Trio Balanço Bom. Ainda nesse ano, apresentou-se, sistematicamente, na casa de show Severina, na zona sul do Rio de Janeiro, às segundas-feiras, com  um grupo de amigos  forrozeiros, com os quais, formaram o grupo "Os Cabras". Sendo um músico de aptidões diversificadas, foi convidado pela dupla sertaneja Fabrício e Fabian para tocar nas apresentações e shows da dupla  em todo o Brasil. Assim, em 2005, ente outros eventos, acompanhou a dupla sertaneja Fabrício e Fabian em apresentações no Rodeio de Barretos e no Rodeio de Guaxupé. Em 2006, apresentou-se com a dupla Fabrício e Fabian na festa Junina do Retiro dos Artistas, e, novamente, no Rodeio de Barretos. Em 2006, formou o trio de forró "Fulô do Joá"; o grupo de Choro"Chorinho Diferente" com os músicos: Fidelis do Acordeom, Pedro Costa (violão), e Pacato (percussão). A convite, passou também a participar  do grupo de forró "Malungos". Em 2007, passou a integrar o grupo "Sotaque do Nordeste", gravando com o mesmo o CD "Lenha e brasa", que incluiu a faixa instrumental "Chicorria", de sua autoria. No mesmo ano, tocou baixo e guitarra no CD "Forró do apagão" lançado por Cassiano e Trio Beija-Flor. Ainda em 2007, acompanhou a dupla Fabrício e Fabian, na apresentação, como atração especial,  no evento de comemoração do aniversário do Centro de Tradições Nordestinas. O espetáculo fez parte de muitos outros que o instrumentista  passou a apresentar em acompanhamento da dupla carioca.
Ainda em 2007, tocou na Praça da Medalha com a orquestra de frevo "A Capital" - evento do Pan Americano. Em 2008, produziu o CD "Pra xamegar", do grupo Sotaque do Nordeste, do qual é integrante. <!--[if gte mso 9]><xml> Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4 </xml><![endif]--><!--[if gte mso 9]><xml> </xml><![endif]--><!--[if gte mso 10]>

Mais visitados
da semana

1 Creone e Barrerito
2 Trio Nagô
3 Evaldo Gouveia
4 Tiee
5 Mayck e Lyan
6 Aldir Blanc
7 Trio Parada Dura
8 Hermeto Pascoal
9 Teresa Cristina
10 Noel Rosa