Busca:

Mauro Rodrigues

Mauro Rodrigues
11/11/1956 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Em 1972, participou do "Festival Internacional de Curitiba" e "Festival de Inverno".

Integrou os grupos Arca de Noé e Vera Cruz, além do Quarteto de Flautas, com os quais atuou em shows e casas noturnas entre 1974 e 1979. Por essa época, fez parte da banda que acompanhou Beto Guedes em turnê por todo o país.

Entre os anos de 1981 e 1988, acompanhou em shows e participou de gravações de diversos artistas, entre eles, Fernando Orly (LP 'Tempo pra tudo'), Tavinho Moura (disco 'Noites do sertão'), Solange Borges, João Ângelo, Rodolfo Stroeter (disco 'Mundo'), Maurício Tzumba, Levy (LP 'Mar aberto'), Kerner (LP 'Lembranças da fazenda'), Paulinho Pedra Azul (discos 'Sonho de menino' e 'Pintura'), Quarteto de Flautas, Hudson de Souza (LP 'Lembranças'), Nassib ('Pedaço do céu'), Celso Adolfo (disco 'Feliz'), Grupo Edição Brasileira (disco 'Lua') e Hermeto Pascoal no disco "Só não toca quem não quer". Por essa época, trabalhou com Tavinho Moura na trilha sonora do filme "Noites do Sertão" e em peças publicitárias para Caixa Econômica Federal, Estado de Minas, Secretaria de Segurança, Secretaria de Agricultura, Funabem, Banco do Estado do Espírito Santo e Prefeitura de Belo Horizonte.

No ano de 1989, fez arranjos e atuou como flautista para os discos "Nordestina irreverência", de Valdo Lima do Vale; Trauina, de Gilvan de Oliveira; "Minas São Várias", coletânea com diversos compositores e intérpretes mineiros e LP "Papagaio de papel", de Paulinho Pedra Azul.

Entre 1990 e 1992, atuou nas gravações dos discos "Cinema", de Antenor Pimenta; "Mais uma vez", de Paulinho Pedra Azul; "Festival Carrefour da MPB", de Marku Riba; "Esquinas e bares", de Valdêncio; "Fábrica de música", de Eduardo Delgado; "Abrigo", de autoria de Antônio Guimarães; "Brasileiro", de Renato Motta e do CD "Fernando Brant - 25 anos de travessia", de Fernando Brant, no qual fez os arranjos, direção musical e tocou teclado. Neste período, fez trilhas sonoras para peças publicitárias da Secretaria de Educação, Bemge e Mendes Júnior.

Em 1993, participou dos discos "Quilombo", de Wilson Frade e de "Grande espírito", de Marcus Vianna e Grupo Sagrado Coração da Terra. No ano seguinte, atuou nos CDs "Aboio", de Sérgio Santos e do CD de Saulo Laranjeiras, e ainda do disco "Batéia", coletânea editada pela Amar (Associação dos Músicos, Arranjadores e Regentes).

No ano de 1995, fez arranjos e direção musical do CD "Ê boi", de Cláudio Nucci, juntamente com o Grupo Nós & Voz, que lhe rendeu a indicação para a categoria "Melhor Arranjo", no "Prêmio Sharp". No ano seguinte, outro disco com arranjos de sua autoria foi indicado para o "Prêmio Sharp", o CD de Selma Carvalho.

Entre 1996 e 1998, participou de vários CDs "Conexão", de Tânia Mara Lopes Calçado; "Minasax", Quarteto de Saxofones; "Além das imagens', de Cláudio Dauelsberg; Laura, de Romeu Curzio; "Prato feito", disco produzido pela Campanha da Cidadania; "Aprendiz', de Antonio Guimarães; "Amarelo", de Renato Motta; "Grafiteiro", de Hugo Hanjo e do CD "No sertão", no qual fez duo com o violeiro Roberto Corrêa.

Em 1999, fez a produção, direção musical e atuou como tecladista e flautista na trilha sonora composta por Vander Lima para o filme "Circo das qualidades humanas", editada em CD homônimo no mesmo ano. Ainda em 1999, lançou o CD "Violões do horizonte", juntamente com Gilvan de Oliveira, Weber Lopes, Caxi Rajão, Beto Lopes, Geraldo Vianna e Juarez Moreira. Além disso, fez arranjos, direção musical e tocou flauta e violão no CD temático "Do Brasil', coletânea com vários artistas mineiros em comemoração oficial do governo mineiro aos 500 anos do país.

No ano 2000, fez a trilha sonora do disco "O Tom de Adélia", da Karmin, no qual a poeta Adélia Prado recitou poemas do livro "Oráculo de Maio".

Mais visitados
da semana

1 Jorge Portugal
2 José Camillo
3 Caetano Veloso
4 Festival MPB 80 (Rede Globo)
5 Moreno Veloso
6 Rodrigo Vellozo
7 Mayck e Lyan
8 Sivuca
9 Renato Barros
10 Tiee