Busca:

Maurício Valladares

Maurício Valladares
22/7/1953 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Iniciou a carreira nos anos 70 como colaborador do "Jornal da Música", junto com Ana Maria Bahiana, Tárik de Souza e Ezequiel Neves. Fotógrafo profissional, trabalhou em shows e enviava matérias do exterior sobre bandas como o Led Zeppelin, The Who e outras. Ainda nesse período, também fotografou para a "Revista de Domingo", do Jornal do Brasil.
Em 1982 juntou-se a Luiz Antônio Mello e Samuel Wainer Filho no projeto da Rádio Fluminense FM, de Niterói (RJ). Na rádio, além de apresentar o programa "Rock Alive", com novidades do rock estrangeiro, foi o responsável pela inclusão de fitas demo na programação diária de grupos como Legião Urbana, Plebe Rude, Biquini Cavadão e Paralamas do Sucesso, sendo o responsável pela apresentação da banda à gravadora EMI/Odeon, pois até então as bandas eram totalmente desconhecidas. O programa ficou no ar até o ano de 1985.
Ainda como radialista, em 1988, transferiu-se para a Panaroma FM, no qual apresentava semanalmente o programa "Ronca Tripa", nela permanecendo até 1991, quando passou a atuar pela Globo FM. Nessa estação passou a apresentar o programa "Radiolla", de 1991 a 1996, com uma breve pausa no ano de 1994.
Por cinco anos, durante a década de 1990, atuou como diretor artístico do selo Plug, da BMG, pelo qual lançou diversas bandas brasileiras, entre as quais Pato Fu, Devotos e Funk Fuckers.
Em 2000 apresentou o programa "Ronca Ronca" na Imprensa FM, todas as quartas-feiras.
Como discotecário, comandou a festa "Ronca Ronca" a partir de 1992, tendo inclusive lançado um disco em abril de 1996. A festa tornou-se uma referência na noite carioca e já teve convidados como Pedro Luís e A Parede, Arthur Dapieve, Herbert Vianna entre outros.
No ano de 2007 lançou o livro de fotos "Os Paralamas do Sucesso", Editora Senac Rio, com algumas das muitas fotos em que registrou toda a carreira da banda.
Em 2012 apresentava como DJ residente o programa "Ronca Ronca" no Espaço Oi Futuro de Ipanema. O programa era transmitido em cadeia nacional para dez cidades brasileiras via internet. Neste mesmo ano de 2012 mantinha o programa com apresentações regulares no Espaço Cinematheque, em Botafogo, Zona Sul do Rio de Janeiro Bibliografia: ALBIN, Ricardo Cravo. Dicionário Houaiss Ilustrado Música Popular Brasileira - Criação e Supervisão Geral Ricardo Cravo Albin. Rio de Janeiro: Instituto Antônio Houaiss, Instituto Cultural Cravo Albin e Editora Paracatu, 2006.
AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008. 2ª ed. Esteio Editora, 2010.

Mais visitados
da semana

1 Dorival Caymmi
2 Elza Soares
3 Luiz Gonzaga
4 Assis Valente
5 Caetano Veloso
6 Nelson Gonçalves
7 Jane e Herondy
8 Tom Jobim
9 Noel Rosa
10 Nelson Cavaquinho