Busca:

Mateus Aleluia

Mateus Aleluia
10/9/1943 Cachoeira, BA

Dados Artísticos

Iniciou a carreira artística na década de 1950 em sua cidade natal e em cidades próximas atuando em diferentes grupos musicais. Em 1962, ingressou no trio Os Tincoãs, então dedicado a um repertório de boleros, em lugar do cantor Erivaldo que desistiu da carreira. Em 1963, fez como integrante do trio Os Tincoãs, sua primeira apresentação em TV, na cidade de Natal, na TV Itapoã. Aos poucos o novo trio foi dexando de lado o bolero e passou a dedicar-se a um repertório ligado ao candonblé, ao samba-de-roda e toda musicalidade ligada à histórica cidade baiana de Cachoeira, onde nasceu. Em 1973, foi para o Rio de Janeiro com Os Tincoãs em busca de conseguir gravar um disco, Levados pelo radialista Adelzon Alves para a Odeon no mesmo ano, lançaram o LP "Os Tincoãs", do qual constaram suas composições "yansã Mãe Virgem", "Na Beira do Mar", "Saudação Aos Orixás", e "Canto Pra Iemanjá", todas com Dadinho, e "Capela D'ajuda", "A Força da Jurema" e "Deixa a Gira Girar", com Dadinho e Eraldo. No mesmo ano foi lançado um compacto simples com duas parcerias suas com Dadinho: "Misericórdia" e "Saudação Aos Orixás". Em 1975, no LP "O Africanto dos Tincoãs", da RCA Camden, foram incluídas suas composições "Promessa ao Gantois", "Salmo", "Homem Nagô", "Canto e Danço Pra Curar", "Sereia", "    Jó", "Oxóssi Te Chama", "Anita" e "Ogum Pai", todas com Dadinho. Em 1976, foi lançado o compacto simples "Os Tincoãs", pela gravadora RCA Victor que incluiu suas composições "Promessa ao Gantois" e "Anita    ", ambas com Dadinho. Em 1977, teve as composições "Atabaque, Chora", "Canto de Dor", "    Chão da Verdade", "Romaria", "Chapeuzinho Vermelho", "Arrasta a Cadeira", "Cordeiro de Nanã    " e "Acará", todas com Dadinho, incluídas naquele que seria o último LP do trio Os Toncoãs. Em 1982, sua composição "Ajagunã", com Dadinho, foi interpretada pelos Tincoãs no festival MPB Shell 82. Em 1986, manteve a dupla com Dadinho e ainda com o nome de Os Tincoãs lançou o parceiro o LP "O Tincoãs - Dadinho e Mateus", pela gravadora CID e que incluiu as composições "Luanda Ê (Lembrança Feliz", "Angola Vamos Cantar", "África Blue", "Quem Vem Lá", "Vovó Clementina", "Rio Qg do Samba", "Cachoeira - Bahia Lisboa", "Namíbia" e "Sou Eu Bahia", todas com Dadinho. De volta ao Brasil em 2002, começou pouco a pouco a se reinserir no mercado musical brasileiro. Em 2003, atuou no filme "O milagre do Candeal" que foi lançado no ano seguinte e no qual contracenou com o ator cubano Bebo Valdez, e interpretou com Carlinhos Brown a música "N'Zambi Mameto", vencedora do prêmio Goya como melhor canção. Lançou seu primeiro disco solo em 2010, o CD "Cinco sentidos".
Em 2017, lançou o CD "Fogueira Doce" que contou com as participações de seus filhos Mateus Aleluia Filho na voz, trompete, flugel e direção musical e Fabiana Aleleuia, nos vocais. O CD, que contou com a produção de Alê Siqueira incluiu as composições "Eu vi Obatalá", "Fogueira doce", "Bahia... Bate o tambor", Ó virgem vire leão", Sonhos cor de crioula", "Ogum okorô", "De tudo isso, eu sou", "Esotérica Chapada" e "Serpentear da natureza", todas de sua autoria, além de Obatotô" e "Filha! Diga o que vê?", com Dadinho, e "Convênio no orum", com Carlinhos Brown. Por ocasião do lançamento do CD appresentou show no Sesc, em Copacabana.

Mais visitados
da semana

1 Noel Rosa
2 Festival da Música Popular Brasileira (TV Record)
3 Vinicius de Moraes
4 Hermeto Pascoal
5 Tom Jobim
6 Caetano Veloso
7 Festivais de Música Popular
8 Toca do Coelho
9 Ataulpho Alves Júnior
10 Cartola