Busca:

Maskavo



Dados Artísticos

Grupo de reggae formado por Marceleza (voz), Prata (guitarra), Marrara (baixo), Quim (teclado e bateria) em Brasília (DF) em 1993, surgiu como grupo de covers de reggae e se chamava Cravo Rastafari. Quando passou a atuar com repertório próprio, assumiu o nome Maskavo Roots. Ainda com esse nome, lançou seu primeiro CD, "Maskavo Roots", pelo selo Bangela, da WEA, em 1995. Os destaques do disco foram as canções "Tempestade" e "Escotilha", esta última incluída na trilha sonora do seriado "Malhação", da Rede Globo. Logo em seguida, abreviou o nome do grupo para Maskavo. Em 1997, ganhou o Prêmio Renato Russo da Fundação Cultural do Distrito Federal, resultando na prensagem de 1.500 CDs do disco "Melodia que conheço". No ano seguinte, dessa vez pela Sony Music, gravou "Se não guenta por que veio?". O disco contou com a produção de Paul Ralphes, galês radicado no Rio de Janeiro, e a participação especial de Samuel Rosa, do Skank, na regravação de "Tempestade". Os destaques foram a regravação do clássico de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira, "Qui nem giló" (sic), e a composição própria "Vai, vai vai", que também fez parte da trilha sonora do seriado "Malhação". Em 2000, lançou o disco "Já", também pela Sony. No ano de 2003 lançou o CD "Ao vivo em Atlântida", disco no qual incluiu três inéditas, entre elas, "Dona do céu, "Me faça um favor", "Difícil pra mim" e regravou "O amor não sabe esperar", sucesso do grupo Os Paralamas do Sucesso. Neste mesmo ano, ao lado de Capital Inicial, Arnaldo Antunes, Nando Reis, Pato Fu, Toni Garrido, Eduardo Dusek, Ira!, Pitty, Raimundos e Matanza, participou do CD "Assim, assado - tributo a Secos & Molhados", no qual interpretou em dueto com o grupo Falamansa a faixa "O vira", de autoria de João Ricardo e Luli.

Mais visitados
da semana

1 Isolda
2 Luiz Gonzaga
3 Noel Rosa
4 Eumir Deodato
5 Dorival Caymmi
6 Geraldo Pereira
7 Lupicínio Rodrigues
8 Chico Buarque
9 Pixinguinha
10 Música Sertaneja