Busca:

Marilena Cairo

Marilena Cairo
Circa 1930 Rio de Janeiro

Dados Artísticos

Iniciou a carreira artística no início da década de 1950, apresentou-se em programas de rádio e foi contratada pela gravadora Copacabana em 1953. Gravou com acompanhamento de orquestra os sambas-canção "Mentes", de Augusto Mesquita e Ari Monteiro, e "Os lábios que te beijavam", de Mary Monteiro e Odilon Noronha. Em 1955, gravou o samba "Eu não conhecia a saudade", de Lindolfo Gaya, e o samba-canção "Fita meus olhos", de Peterpan. Contratada pela Sinter em 1956, lançou nesse ano o LP "Marilene Cairo canta para você", com acompanhamento de Britinho e sua orquestra, disco no qual interpretou as músicas "Fita meus olhos", de Peterpan, "Folha morta", de Ary Barroso, "Os rios correm pro mar", de Custódio Mesquita e Evaldo Ruy, "Ninguém para amar", e "Quem me dera", ambas de Anísio Silva e C. Portela, "Aniversário da saudade", de Santos Garcia e Aldacir Louro, "Se eu pudesse", de José Maria de Abreu e Jair Amorim, e "Eu sei", de Carlinhos e Alberto Paz. Nesse disco, destacaram-se o bolero "Quem me dera", e o samba-canção "Ninguém para amar", ambas da dupla Anísio Silva e C. Portela lançadas também em disco de 78 rpm. No início do ano seguinte, os sambas-canção "Eu sei", de Carlinhos e Alberto Paz, e "Se eu pudesse", de José Maria de Abreu e Jair Amorim foram lançados em disco de 78 rpm. Ainda em 1956, atuou no filme "Vamos com calma", direção de Carlos Manga e estrelado por Oscarito. Contratada pela RCA Victor em 1957, gravou com acompanhamento de orquestra o bolero "Deus te favoreça", de Fernando César, e o samba-canção "Vê o que fizeste", de Peterpan e Mary Monteiro.No ano seguinte, lançou, também com acompanhamento de orquestra, o bolero "Não posso mais te querer", de Aldacir Louro e Linda Rodrigues, e o samba-canção "Por que brigamos?", de Pedro Rogério e Lombardi Filho. No início da década de 1960, gravou dois discos pelo pequeno selo Santa Rita interpretando o samba-canção "Aniversário da saudade", de Santos Garcia e Aldacir Louro, e "Ao apagar da fogueira", de Castro Perret, e os sambas "Menina dos olhos", de Anísio Bichara, Aldacir Louro e A. Roberto, e "Você me traiu", de José Silva, Jorge Gonçalves e Agenor Lourenço.

Em 1974, participou do disco "Osvaldo Santiago - Gente importante na Música Popular Brasileira" um tributo ao compositor Osvaldo Santiago lançado pela Continental com as participações também de Alcides Gerardi, Gilberto Alves, Arlindo Borges, Coro Continental, e Hélio Chaves. Nesse tributo interpretou as músicas "Tudo cabe num beijo" e "Caçador de esmeraldas".

Mais visitados
da semana

1 Dorival Caymmi
2 Elza Soares
3 Luiz Gonzaga
4 Assis Valente
5 Caetano Veloso
6 Nelson Gonçalves
7 Jane e Herondy
8 Tom Jobim
9 Noel Rosa
10 Nelson Cavaquinho