Busca:

Márcia Freire


Salvador, BA

Dados Artísticos

Em 1986, passou a integrar a Banda Cheiro de Amor, que naquela época chamava-se "Pimenta de Cheiro". No ano seguinte a banda gravou seu primeiro disco "Pimenta de cheiro". Durante os anos seguintes, gravou outros 10 discos integrando a banda.

Em 1996, deixou a Banda Cheiro de Amor e partiu para a carreira solo, tornando-se uma das principais atrações dos carnavais fora de época pelo Brasil e exterior, a exemplo do primeiro carnaval realizado no México na cidade de Cancun - "O Carnacancun".

Seu primeiro CD solo, "Márcia Freire", foi lançado em 1996, pela PolyGram. Logo depois lançou os discos "Maravilha" e "Gente Boa", de 1997 e 1999, respectivamente, ambos pela mesma gravadora. Foram sucessos músicas como: "Pureza da paixão", "Auê", "Macarena","Lero-lero" e "Vermelho" (sensação do "Festival de Parintins" e do "Festival do Avante", em Portugal) e ainda as composições "Subir ladeira" e "Maravilha"

Tem também inúmeras participações em trilhas sonoras de sucesso, como a do seriado "Malhação", da Rede Globo e "Axé Bahia", "Axé Brasil", entre várias outras coletâneas.

Em 2000, lançou pela Abril Music o seu quarto CD solo, "Timbalayê", no qual gravou clássicos como "Só quero um xodó", de Luiz Gonzaga e outras como "Como alcançar uma estrela", de Miltinho e Edilberto. Com este trabalho apresentou-se pelo interior do Estado da Bahia e demais capitais brasileiras. Ainda em 2000, a convite do produtor Rildo Hora, participou do disco "Casa de samba 4", no qual interpretou, ao lado de Bebeto, a composição "O meu amor chorou" de Luiz Marçal Neto.

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Assis Valente
3 Dorival Caymmi
4 Nelson Gonçalves
5 Caetano Veloso
6 Nelson Cavaquinho
7 Elza Soares
8 Tom Jobim
9 Chico Buarque
10 Noel Rosa