Busca:

Marcello Caminha

Marcello de Macedo Caminha
30/3/1971 Bagé, RS

Dados Artísticos

Aos 14 anos, subiu em um palco pela primeira vez, participando de um concurso de violão.
Com a mesma idade, participou pela primeira vez de um Festival Nativista e ganhou seu primeiro prêmio de melhor instrumentista.
Em 1994, venceu seu primeiro festival como compositor, com a música "Milonga em preto e branco".
Em 1998, lançou seu primeiro CD, “Estrada do Sonho”.
No ano seguinte, lançou seu segundo CD, “As Mais Belas Canções Natalinas”.
Em 2000, lançou o CD “Clássicos Gaúchos - Vol. 1”.
Em 2001, recebeu o Prêmio Açorianos de Música e iniciou o projeto didático denominado “Curso violão gaúcho”, em Porto Alegre.
Em 2002, apresentou- se em Londres, junto com Luiz Carlos Borges.
No mesmo ano, lançou o CD “Tangos ao violão”.
Em 2003, passou a integrar a banda da dupla César Oliveira e Rogério Melo, uma das mais importantes do estado do Rio Grande do Sul. 
No mesmo ano, gravou o disco “Clássicos Gaúchos - vol. 2”, cujo lançamento oficial foi realizado no Teatro Dante Barone, da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul.
Em 2004, lançou o CD “Hinos Brasileiros ao Violão”.
Em 2005, apresentou-se na Alemanha, junto com Renato Borghetti.
No mesmo ano, lançou o CD “Clássicos Gaúchos - vol. 3”.
Em 2006, participou do “Projeto Circular Brasil de música instrumental”, apresentando-se em 6 capitais brasileiras, ao lado dos músicos Felipe Álvares e Marcelo Freitas.
Em 2007, recebeu, pela segunda vez, o Prêmio Açorianos de Música, como melhor instrumentista regional.
No mesmo ano, apresentou-se em Portugal, com o show Natal Gaúcho.
Em 2008, lançou o CD “Influência”.
No ano seguinte, recebeu mais uma vez o Prêmio Açorianos de Música, como melhor compositor, melhor instrumentista e melhor projeto gráfico, pelo CD “Influência”.
Ainda em 2009, lançou a coletânea “Sucessos de Ouro”, lançado oficialmente no Teatro Túlio Piva, em Porto Alegre.
Em 2010, lançou o DVD “Videoaula de violão gaúcho”, com os ritmos musicais gaúchos tocados no violão.
Em 2011, assinou contrato com a Gravadora ACIT e lançou o CD “Natal em cordas”, mesclando composições próprias e canções natalinas.
No ano seguinte, dedicando-se exclusivamente à carreira solo, foi  novamente indicado ao Prêmio Açorianos de Música e participou do projeto “A viagem do violão gaúcho”, idealizado pelo Ministério da Cultura.
Em 2013, apresentou-se em Portugal, representando o Rio Grande do Sul no “Ano Brasil em Portugal”.
No mesmo ano, lançou mais um disco, “Imagens”, o primeiro cantado de sua carreira.
Ainda nesse ano, publicou o livro “14 estudos para violão gaúcho”.
Em 2015, lançou o CD/DVD “Influencia”, patrocinado pelo Ministério da Cultura, e apresentou-se em Buenos Aires, ao lado de Bebeto Alves, através do projeto “Mandando lenha“.

Mais visitados
da semana

1 Creone e Barrerito
2 Trio Parada Dura
3 Caetano Veloso
4 Noel Rosa
5 Tiee
6 Gilberto e Gilmar
7 O Trio do Brasil
8 Samara
9 Zé Paulo
10 Bruno e Marrone