Busca:

Lurdez da Luz

Luana Gomes Dias
São Paulo, SP

Não deixe de ver:

Dados Artísticos

A partir de 1998 até 2010 integrou o trio de rap Mamelo Sound System, em que começou como hacking vocal até tornar-se MC oficial do grupo, com o qual lançou os CDs “Mamelo Sound System” (2000, YB Music), “Urbália” (2002, YB Music), “Operação: parcel ou remixália” (2005, YB Music), “Velha-guarda 22” (2006, YB Music). Participou do projeto "3 na Massa". Em 2009 iniciou carreira solo. Gravou, ao lado de Rodrigo Brandão, a faixa “Paixão cantada (O urso da cara brilhante)” no CD “Sou suspeita, estou sujeita, não sou santa” (Scubidu Records, 2011), da cantora e compositora Anelis Assumpção. Em 2010 lançou seu primeiro trabalho solo, com produção de Daniel Bozzio e Marcelo Cabral. O EP homônimo contou com as faixas "Por um punhado de palavras"; "Ah Uh (Onomatopéias)"; "Andei", com participação da MC Stefanie; "Ziriguidum", com participação de Rodrigo Brandão; "Corrente de água doce", com participação de Jorge Du Peixe; "Meu mundo numa quadra"; "Saudade", com participação de Rodrigo Brandão; "Eu sou o cara"; "Fim da ego trip". Apresentou-se no Centro Cultural de São Paulo, acompanhada dos músicos Marcelo Cabral (baixo), Richard Ribeiro (bateria/ percussão) e DJ Mako. Em 2011 realizou uma curta temporada de shows no Oi Futuro Ipanema, para o lançamento do seu primeiro trabalho solo no Rio de Janeiro. Em 2012 participou da gravação da série “Cantoras do Brasil”, exibida pelo Canal Brasil, na qual interpretou canções que ficaram consagradas na voz da cantora carioca Nara Leão, como “Opinião” (Zé Keti) e “Quando o carnaval chegar” (Chico Buarque). Em 2013 participou dos CDs “Frevox”, do cantor e compositor Péricles Cavalcanti, na faixa autoral “Rap da baleia”; e “Feras míticas”, da banda Garotas suecas, na faixa “Nuvem” (Tomaz Paoliello). A música “Mais tarde”, de sua autoria com Eduardo Brechó, entrou para a trilha sonora do jogo “Fifa World Cup 2014”, da Eletronic Arts; e a música “Punga”, parceria com Eduardo Brechó e Jairo Pereira, integrou a coletânea “New Sounds” da revista inglesa Songlines.  Em 2014 lançou seu primeiro CD solo “Gana pelo bang”, com músicas autorais e participações de Marietta Vital em “Mama drama”, Russo Passapusso em “Poder”, Xenia França em “D.R.”, entre outros. Em 2016 lançou o single “Vou querer o meu”, em parceria com funkeiro carioca MC Cidinho. Nesse mesmo ano lançou com o duo PParalelo o EP “Bem-vinda”, com cinco músicas de sua autoria com a dupla. Em 2017 apresentou o show “Acrux” no SESC Belenzinho, em São Paulo, acompanhada dos músicos do duo PParalelo e do baixista Fabio Santana. Na ocasião, contou com as participações das cantoras Xenia França e Marietta Vital. O registro do show foi lançado em CD.

Mais visitados
da semana

1 José Camillo
2 Caetano Veloso
3 Moreno Veloso
4 Rodrigo Vellozo
5 Mayck e Lyan
6 Clara Nunes
7 Sivuca
8 Tiee
9 Jorge Portugal
10 Noel Rosa