Busca:

Luiz Gaúcho


Rio Grande do Sul

Dados Artísticos

Em 1953, lançou pela Todamérica o seu primeiro disco interpretando ao acordeom, os dobrados "Bandeirante" e "Pátio do colégio", ambos de sua autoria e Mário Vieira. Em 1954, a marcha "Clarins do centenário" e a polca "Zatopek", a primeira composta em parceria com Mário Vieira e a segunda com Mário Vieira e Eugênio Paes. No mesmo ano, gravou com seu conjunto o baião "Napoli", de sua autoria e Mário Vieira, e a valsa "Para sempre e sempre", de Franz Winkler. Em 1955, gravou, de sua autoria e Mário Vieira, o mambo "Mambonito", e de sua autoria e Miranda Neto, o baião "Saudoso". Formou um conjunto e um regional, com os quais participou de algumas gravações na Todamérica, acompanhando o cantor Hélio Sindô e o conjunto Vagalumes ao Luar. Em 1956, gravou com seu conjunto o fox "O passo do gato", de Edson Borges e Enrico Simonetti e o samba-choro "Caminhando na garoa", de Ciro Pereira e Alfredo Borba. No mesmo ano apresentou-se na Rádio Record em São Paulo e teve o baião "Delirando", parceria com P. Sobrinho, gravado por Pernambuco e Seu Regional na Copacabana. Nesse ano, teve o hino "Jubileu de prata", parceria com Serafim Costa Almeida gravada por Jorge Goulart na Continental.

Em1967 acompanhou juntamente com Pernambuco do Pandeiro e o guitarrista Delayno a cantora Carmélia Alves em excursão de 3 meses pela Europa, apresentando-se na Itália, Alemanha e França. No mesmo ano gravou na Todamérica o LP "Pica pau".

Mais visitados
da semana

1 Chico Buarque
2 Caetano Veloso
3 Dorival Caymmi
4 Música Sertaneja
5 Luiz Gonzaga
6 Hermeto Pascoal
7 Nelson Gonçalves
8 Tom Jobim
9 Daniela Mercury
10 Noel Rosa