Busca:

Lourenço e Olegário



Dados Artísticos

Cantores. Dupla sertaneja. Compositores.

Formada por M. Rodrigues Lourenço e Olegário de Godoy, naturais de São Paulo.

Uma das primeiras duplas caipiras a aparecer no rastro do movimento iniciado por Cornélio Pires. Fizeram parte da Turma Caipira Victor. Em 1929, a Turma Caipira Victor gravou de Olegário a dança típica "Samba". No mesmo disco, a dupla gravou o desafio "Paulista e gaúcho", de Lourenço. No mesmo ano, gravaram as modas de viola "Casamento da onça", de Lourenço, "Adão e Eva", também de Lourenço, e "Caipira murtado", de Godoy. Em 1930, lançaram também pela Victor as modas de viola "Rubentô a revolução" e "Isidoro já vortô", ambas de Manoel Rodrigues. A dupla seguiu a tendência presente em outras duplas do período, de realizar, através das modas de viola, uma espécie de jornalismo, retratando fatos e acontecimentos do momento, como é o caso de "Rebentô a revolução", que, no caso, era a conhecida Revolução de 30, que significou a queda da chamada República Velha. Em 1934, gravaram a moda de viola "São Paulo" e o samba "Samba de pira-pura", ambos de autoria de Lourenço. No mesmo ano, gravaram de Sorocabinha, da dupla Mandi e Sorocabinha, o samba "Depois da coieita" e a moda de viola "Carta de amor". Em 1935, gravaram as modas de viola "Minha noiva" e "Triste festa de São João", as duas de Lourenço. Por essa época, a dupla era uma das de maior sucesso, apresentando-se em programas nas rádios São Paulo e Cruzeiro do Sul. Em 1936, gravaram, de autoria de Lourenço, a cana-verde "Os solteiro e os casado" e a moda de viola "Cigarra que faz lembrá". A dupla, ao que parece, desfez-se ainda nos anos 30.

Mais visitados
da semana

1 Caetano Veloso
2 Tom Jobim
3 Assis Valente
4 Nelson Cavaquinho
5 Hermeto Pascoal
6 João Gilberto
7 Música Sertaneja
8 Ary Barroso
9 Gilberto Gil
10 Lúcio Barbosa