Busca:

Lolita França



Dados Artísticos

Começou a cantar em rádios gaúchas atuando em dupla com o cantor Murilo Caldas, irmão de Silvio Caldas. Estreou em disco em 1939 na Victor, gravando em dueto com Murilo Caldas, pela Victor, o choro dialogado "Seu guarda prenda este homem", e o samba-dialogado "Lourinha audaciosa", ambas de Murilo Caldas. Em seu segundo disco, ainda neste ano, gravou o samba "Olha lá um balão", de Murilo Caldas e a marcha "O que é da chave?", de Murilo Caldas e Luiz Bittencourt. No mesmo ano, gravou com Murilo Caldas o samba "Nega", de Heitor dos Prazeres e ainda a marcha "Praia de Copacabana", de Antônio Caldas, o samba "Darei um prêmio", de Raul Marques e César Brasil e a marcha "Vale mais", de Wilson Batista e Marino Pinto. São de 1940 as gravações das marchas "Casinha pequenina", de Wilson Batista e Murilo Caldas e "Namoro no portão", de André Filho e dos sambas "Nego bamba", de Raul Marques, V. Silva e S. Rodrigues e "Mulher exigente", de Murilo Caldas, em dueto com o próprio autor. Ainda em 1940, gravou com Murilo Caldas as marchas "Torcidas renitentes", de Murilo Caldas e "O papai e a filhinha", de Caldas e Miguel Lima.  Nesse ano, mudou-se para o Rio de Janeiro e foi contratada pela Rádio Nacional para atuar em dupla com Murilo Caldas, com quem atuou também nas rádios Tupi, Mayrink Veiga e Educadora. Em 1942, gravou pela Colúmbia a marcha "Passarinho piupiu", de Murilo Caldas. Suas gravações obtiveram algum sucesso na Argentina. Se afastou do Rádio por essa época regressando dois anos depois como rádio-atriz.

Mais visitados
da semana

1 Creone e Barrerito
2 Gonzaguinha
3 Noel Rosa
4 Tiee
5 Trio Parada Dura
6 Bruno e Marrone
7 Caetano Veloso
8 Paulo Soledade
9 Paulinho da Viola
10 Carlos Gonzaga