Busca:

Lilian

Sílvia Lília Barrie Knapp
30/3/1948 Rio de Janeiro, RJ

Não deixe de ver:

Dados Artísticos

Cantora e compositora de sucesso na Jovem Guarda, ganhou três discos de ouro. Começou a cantar profissionalmente em 1965, quando o cantor Leno retornou do Nordeste, onde estivera morando por quatro anos. Formaram, a partir de então, a dupla Leno e Lílian. No mesmo ano, apresentou-se com Leno nos programas de TV "Os brotos comandam", de Carlos Imperial, e "Hoje é dia de rock", em companhia de Renato e Seus Blue Caps. Em 1966, a dupla estourou nas paradas de sucesso com uma composição de sua autoria, "Devolva-me", parceria com Renato Barros. Em 1966, fez duas versões de músicas de Lennon e McCartney que foram gravadas, com sucesso, por Renato e Seus Blue Caps: "You´re going to loose that girl (Meu primeiro amor)", e "You won't see me (Até o fim)". Também nesse ano, mais duas composições suas foram sucessos com Renato e Seus Blue Caps: "Preciso ser feliz", parceria com Renato Barros, e "Aprenda a me conquistar", com Carlinhos e Renato Barros. Em 1967, compôs "Se tu não fosses linda", versão para a canção italiana "Se tu non fossi bella come sei" lançada por Agnaldo Timóteo, no LP "Obrigado querida". No mesmo ano, fez sucesso com "Estou feliz", versão para a música "Puppet on a string", gravada pela cantora Kátia Cinele, além de compor a música "Só eu e você", versão para "There's a kind of hush", gravada por Ronnie Cord e também por Carlos Gonzaga. Em 1968, com o fim da dupla, passou a seguir carreira solo. Voltou a se reunir com Leno em 1972 e 1973, quando lançaram mais dois discos pela CBS. Pouco depois, a dupla novamente se separou.

Em 1975, voltou às paradas de sucesso com a música "Como se fosse meu irmão", de sua autoria e Márcio Augusto, em disco que vendeu 500 mil cópias, e chegou a ser incluída na trilha sonora do

longametragem Pixote.

Em 1978, fez sucesso nacional com a música "Sou rebelde", versão de sua autoria para "Soy Rebelde", de M. Alejandro, que vendeu cerca de um milhão de discos no ano seguinte. No mesmo disco, registou entre outras, as músicas "Vai voltar" e "Pense que ao perder, você talvez ganhou", de Alessandro e Roberto Livi, e "Hoje e amanhã" e "Eu te espero, de sua autoria.

Em 1979, gravou "Uma Música Lenta", de Ed Wilson e Robert Livi, em disco que vendeu aproximadamente 850 mil cópias, em 1980. A partir desses sucessos, excursionou por todo o Brasil, além de fazer apresentações em países da América Latina, como Argentina, Chile e Colômbia. Trabalhou em estúdios como backing vocals para artistas como Gal Costa e compôs para Sandra de Sá, José Augusto, Sandy e Júnior e Zezé di Camargo e Luciano. Em 1992, lançou disco pela RGE no qual interpretou músicas como "Cada amor faz sua história", de Prêntice, Ed Wilson e Carlos Colla; "O amor um dia vem", de Paulo Sergio Valle e José Augusto; "Não diga nada", de Prêntice, Ed Wilson e Ronaldo Bastos, e "Objeto voador", de Raulzito, além das regravações de "Uma música lenta", de Alessandro e Roberto Livi, "Pobre menina (Hang on sloopy)", de B.Russel e W.Farrell, com versão de Gileno, "Como se fosse meu irmão", de sua autoria e Márcio Augusto; "Sou rebelde (Soy rebelde)", de M.Alejandro, "Devolva-me" e "O pica-pau", parcerias com Renato Barros. Em 1995, voltou a se reunir a Leno para participar das gravações e shows em homenagem aos 30 anos da Jovem Guarda. No ano seguinte, fez com Leno, uma grande excursão que percorreu todo o país. Em 2001, lançou de forma independente o CD "Lílian Knapp", registrando as canções "Amores vem e vão", de sua autoria, Ruban Barra e Dalton; "Deus é quem sabe", de Raul Seixas; "Forte amor", com Luciana Browne e Barroco Azevedo; "Timidez", de Júnior Mendes e Gastão Lamounier; "Difícil esquecer", com Cláudio Mazza; "Logo agora", com Carlos Colla; "Meu pai", com Renato Ladeira; "Fica comigo", de Paulo César Barros e Paulo Sérgio Valle; "Amor próprio", de sua autoria e "Esqueça e perdoa", de Getúlio Cortes, além da regravação de "Devolva-me", parceria com Renato Barros.

Mais visitados
da semana

1 Jorge Portugal
2 Renato Barros
3 Mayck e Lyan
4 Festival MPB 80 (Rede Globo)
5 Leo Canhoto e Robertinho
6 Noel Rosa
7 Tiee
8 Sivuca
9 Elizeth Cardoso
10 Renato e Seus Blue Caps