Busca:

Leila Maria


Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Iniciou sua carreira artística apresentando-se em bares e teatros cariocas.

Viajou ao Japão, onde fez temporada de shows durante três meses. De volta ao Brasil, retomou sua atuação no cenário artístico através de Nenen Krieger, esposa do maestro Edino Krieger, que a apresentou a Cristina Braga, harpista da Orquestra do Teatro Municipal do Rio de Janeiro e do grupo Opus 5. Juntas fizeram várias apresentações.

Em 1997, gravou seu primeiro CD, "Da cabeça aos pés". Ainda nesse ano, participou do projeto "Novo canto", da Rádio JB FM.

Participou, em 2003, do projeto "Jazz no Tom", no Bar do Tom (RJ), interpretando "You' ve changed" (Carey e Fischer), "All of me" (Simons), "Night and day" (Cole Porter), "Sophisticated lady" (Ellington, Parish e Mills) e "The more I see you" (Gordon e Warren, além de canções de George e Ira Gershwin, como "Our love is here to stay", "Embraceable you" e "Someone to watch over me".

Em 2004, apresentou-se no Parque das Ruínas, em Santa Teresa (RJ), pelo projeto "Miscelânea Pop". Nesse mesmo ano, lançou o CD "Off Key", contendo versões em inglês para canções. Fez show de lançamento do disco na Modern Sound e no Bar do Tom (RJ).

Em 2005, fez show no Teatro Rival BR, com o repertório do CD "Off Key".

Lançou, em 2007, o CD "Canções do amor de iguais", com músicas que de alguma forma tematizam o amor homossexual. Produzido pelo baixista Dunga a partir de uma idéia original do crítico musical Antônio Carlos Miguel, o CD traz no repertório as canções "Seu tipo" (Eduardo Dussek e Luiz Carlos Góes), "Você vai ser o meu escândalo" (Roberto Carlos e Erasmo Carlos), "Ilusão à toa" (Johnny Alf), "Mapa-mundi" (Marina Lima e Antonio Cícero), "Gatas extraordinárias" (Caetano Veloso), "Um certo alguém" (Lulu Santos e Ronaldo Bastos), "Mar e lua" (Chico Buarque) e "Se você voltar" (Angela Rô Rô e Antonio Adolfo), além das internacionais "Lush life" (Billy Strayhorn), "All of you" (Cole Porter), "Sexuality" (K. D. Lang e Ben Mink), "Kissing a fool" (George Michael) e "Nature boy" (Eden Ahbez). Em 2013, gravou um disco em homenagem a Billie Holliday. O trabalho foi fruto de uma sugestão do empresário Pedro Lazera, dono da Imifarma, rede de drogarias com lojas em todo o Norte e Nordeste do país. Disposto a diversificar os produtos à venda em suas lojas, ele decidiu patrocinar o disco e toda a sua produção, incluindo os custos com os músicos convidados, dentre eles Cristovão Bastos e Itamar Assiere.  O empresário faleceu antes do disco chegar às lojas. Contudo, de posse de alguns poucos CDs, a cantora entregou uma cópia a José Maurício Machline, que o incluiu na categoria “melhor disco em língua estrangeira” do Prêmio da Música Brasileira. O trabalho ganhou o prêmio máximo e logo tornou-se alvo do interesse da gravadora Biscoito Fino, que entrou na justiça para conseguir os direitos de lançamento do disco.  Em 2015, enquanto aguardava o lançamento oficial, apresentou no Hotel Novo Mundo, no Rio de Janeiro, um show no qual cantou Billie Holliday, mostrando ao público as músicas gravadas por ela. 

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Eumir Deodato
3 Assis Valente
4 Chico Buarque
5 Noel Rosa
6 Dorival Caymmi
7 Tom Jobim
8 Lupicínio Rodrigues
9 Caetano Veloso
10 Romildo