Busca:

Laura Finocchiaro


7/4/1962 Porto Alegre, RS

Dados Artísticos

Estreou em Porto Alegre, no início dos movimentos musicais que surgiram nos anos 1980. Em São Paulo transitou por diversos palcos que projetaram novos talentos na época, como o Lira Paulistana, o Madame Satã e a Fábrica do Som, da TV Cultura.  Foi revelada nacionalmente no festival “Rock in Rio II”, em 1991, quando abriu os shows de Prince e Carlos Santana. Fez parcerias musicais com várias artistas conhecidos da MPB, como Cazuza, Caio Fernando Abreu, Tom Zé, Vitor Martins, Glauco Matoso, Cassandra Rios, Lory F., Vange Leonel e Leca Machado. Em 1992 lançou o primeiro disco pela gravadora BMG/Ariola, intitulado “Laura Finnociaro”. O disco contou com nove faixas, entre elas a parceria com Cazuza “Tudo é amor”, regravações de “Carinhoso” (Pixinguinha e João de Barro) e “Dançar para não dançar” (Rita Lee), além de músicas tradicionais da Martinica (Mêci bon dié) e da África do Sul (Vida dura). Em 1998 lançou, pela gravadora Dabliú Discos, seu segundo trabalho “Ecoglitter”. Com 16 faixas o disco contou com uma seleção muito mais ampla, autoral e inédita de músicas.  Em 2001 lançou, pela gravadora Sorte Produções, o trabalho “Tashi Delê Mantras de Roda”, que trouxe oito mantras da tradição Budista, compostos por Buda Shakyamuni, e transcritos por Lama Gangchen Tulko Rimpoche, além de duas composições da artista, “Homem cristal” (c/ Leca Machado) e “O tao do cavalo” (c/ Téo Ponciano). A produção musical e os arranjos foram da própria Laura Finocchiaro.  Em 2003 lançou, pela gravadora Trama, o disco “Oi”. Contando com 12 faixas, o trabalho teve participação de Tom Zé em “Duelo” (c/ Tom Zé), regravação de “Menina linda (I should have known better)” (John Lennon, Paul McCartney em versão de Renato Barros), além de parcerias com Caio Fernando Abreu em “Necessidade” e “Amor nojento”.  Em 2008 lançou, pela gravadora Velas, o disco “Lauras”, com faixas autorais e uma regravação de “Frases”, de Jorge Benjor.

Mais visitados
da semana

1 Dona Ivone Lara
2 Leo Canhoto e Robertinho
3 Criolo
4 Neuber Uchôa
5 Geraldo Pereira
6 Hermeto Pascoal
7 Paulo Russo
8 Noel Rosa
9 Luiz Gonzaga
10 Martinho da Vila