Busca:

Karnak



Dados Artísticos

Banda de rock-pop paulista fundada em 1992 por André Abujamra que após uma viagem ao Egito, especificamente à cidade de Luxor, conheceu o tesouro arqueológico de nome Karnak, do qual retirou a idéia do nome da banda. Integrada por André Abujamra (voz, samples, guitarra e tambores africanos), Eduardo Cabello (guitarra), Lulu Camargo (teclados, órgão e melotron), Serginho Bartolo (baixo africano), Kuki Stolarsky (bateria), Carneiro Sândalo (bateria), James Muller (percussão), Marcos Bowie (trompete e back vocal e naipe de sax), Luiz Macedo (guitarra, violões africanos, arranjos e regências de metais africanos) e Hugo Hori (saxofone) e de acordo com André Abujamra, a banda apresentava como tendência básica a mistura de ritmos de várias regiões do mundo. Assim sendo, poder-se-ia dizer que o grupo faz o que se convencionou chamar de "world music". Em 1995 lançou o CD "Karnak" pelo selo Tinitus, da PolyGram, no qual incluíram as composições "Alma não tem cor" (André Abujamra), "Martim parangolá" (Martim Parangolá: versão de André Abujamra), "O Mundo" (André Abujamra), "Vim que venha (2 Hugos e 2 Zabos) (André Abujamra, Sérgio Bartolo, Hugo Hori e Eduardo Bid), "Comendo uva na chuva" (André Abujamra), "Espinho na roseira/Drumonda" (Andre Abujamra), "Conversas dos nenês" (José e Antonio), "Lee-o-Dua" (André Abujamra), "Balança a pança" (André Abujamra,Lulu Camargo,Sérgio Bartolo e Hugo Hori), "AI, AI, AI, AI, AI, AI" (André Abujamra), "Oxalá meu pai" (Adaptação: André Abujamra), "Hymboraewquera" (André Abujamra) e "Cala a boca menino" de autoria de Dorival Caymm. O disco ainda contou com as participações especiais de Cecília Bernardes (voz introdução), Tom Zé, Antônio Abujamra, Marisa Orth. Se no plano musical o disco mesclava vários ritmos, suas letras eram marcadas pelo non-sense e humor, satirizando inclusive a própria "world music". Ainda em 1995, Chico César regravou "Alma não tem cor" em seu primeiro disco "Chico César aos vivos", lançado pela gravadora Velas. No ano de 1997 assinou com o selo Velas e lançou o CD "Universo umbigo", que seguia a mesma linha. Em 1999 o grupo dividiu o palco com Jorge Mautner no projeto Aldeia Brasilis, realizado no Sesc Santo Amaro, na cidade de São Paulo (SP). No ano de 2004 Ney Matogrosso e o grupo Pedro Luís e A Parede regravaram com razoável sucesso a composição "O mundo", de André Abujamra.

Mais visitados
da semana

1 Caetano Veloso
2 Festivais de Música Popular
3 Hermeto Pascoal
4 Tom Jobim
5 Dorival Caymmi
6 Noel Rosa
7 João Gilberto
8 Luiz Gonzaga
9 Chico Buarque
10 Chitãozinho e Xororó