Busca:

Júlio Barroso


15/11/1953 Rio de Janeiro, RJ
6/7/1984 São Paulo, SP

Biografia

Cantor. Compositor. Jornalista. DJ. Escritor. Poeta. Letrista. Nascido e criado no bairro do Grajaú, Zona Sul do Rio de Janeiro. Durante a década de 1970 foi editor da revista "Música do Planeta Terra", na qual colaboraram Caetano Veloso, Gilberto Gil, Sergio Natureza e Salgado Maranhão, entre outros. Participou da revista "Som Três" com artigos, entrevistas com personalidades do meio musical e uma coluna chamada "Toda Taba Ateia Som". Exerceu também a atividade de disc-jóquei em várias casas noturnas do eixo Rio - São Paulo, entre elas a Dancin' Days, de Nelson Motta, e a Pauliceia Desvairada. Nesta última, apresentou-se pela primeira vez com a Gang 90 & As Absurdettes. Com problemas sérios com droga e alcoolismo, caiu da janela do seu apartamento no 11º andar, encerrando prematuramente a sua carreira, no auge do sucesso. No ano de 1991, sua irmã Denise lançou o livro póstumo "A vida sexual do selvagem", em homenagem ao irmão. Considerado junto à crítica musical especializada em rock um dos precursores do Brock surgido na década de 1980. No ano de 2019 a poeta Natália Barros organizou o livro "Wave - A nossa onda de amor não há quem corte", lançado no SESC Pompeia pelo Selo Demônio Negro, com poemas, textos e ilustrações inéditas de Júlio Barroso, recolhidas de uma caixa que o artista havia deixado com Taciana Barros. Sendo este o primeiro lançamento de um livro póstumo do cantor/escritor, que havia lançado no ano de 1991 o livro "A vida sexxual selvagem".

Mais visitados
da semana

1 Lupicínio Rodrigues
2 Joaquim Calado
3 Hermeto Pascoal
4 Caetano Veloso
5 Pixinguinha
6 Tom Jobim
7 Noel Rosa
8 Festivais de Música Popular
9 Chico Buarque
10 Dorival Caymmi