Busca:

Jorginho China


Nova Iguaçu, RJ

Não deixe de ver:

Dados Artísticos

Começou a carreira artística no ano de 1986, quando participava das rodas do bloco carnavalesco Leão de Nova Iguaçu. No ano seguinte, junto a alguns amigos do bloco, fundou o grupo Pirraça, integrado ainda por Zé Carlos (voz), Ernani (cavaco e voz),  Vanderlei (pandeiro e voz), Evandro Lima (violão), Ueré (tantã), Ricardo (surdo) e  Adilson Barbado (voz). O grupo começou a carreira abrindo e acompanhando shows de Zeca Pagodinho, Jovelina Pérola Negra e Jorge Aragão. No ano de 1989, a convite do produtor Milton Manhães, o grupo gravou o primeiro disco, "Força maior", do qual se destacaram as músicas "Sentimento de posse", "Samba no quintal" e "Outro caminho". Em 1991, com o Pirraça, lançou o LP "Eterna procura". Pouco depois deixaria o grupo e seguiria carreira solo, além de músico acompanhante de vários artistas.
No ano de 2005 gravou o CD "Não tô de caô", com o qual fez vários shows de lançamento em diversas casas noturnas do Rio de Janeiro, entre elas, o Bar Dama da Noite, na Lapa, centro boêmio do Rio de Janeiro.
Em 2012 lançou o CD “Aprendiz”, produzido por Milton Manhães, no qual incluiu as faixas “Lá vai madeira” (Claudemir, Jorginho China e Moisés Santiago), “Mega-hair” (Claudemir, Marquinho Índio e Gusttavo Clarão), “Sinuca de bico” (Claudemir e Serginho Meriti), “Aí que quebra a rocha” (Arlindo Cruz e Zé Luiz do Império), “O teu amor me contamina” (Almirzinho Serra), “Aprendiz” (Xande de Pilares e Gilson Bernini), “Olhar Maldoso” (Marquinhos PQD e Carlito Cavalcante), entre outras. Apresentou o show de lançamento do disco no Teatro Rival, no Rio de Janeiro, acompanhado dos músicos Folha (direção musical e trombone), Dênis (teclado), Adenilson (pandeiro), Betinho Vovozona (surdo), Rafael (tantã), Vitor (violão de sete cordas), Rafa Show (cavaco) e Carlinhos (bateria).
Em 2013 apresentou o show “Jorginho China exalta São Jorge”, com músicas que falam sobre o Santo Guerreiro. Realizado no Teatro Rival, no Rio de Janeiro, o show contou com a participação dos paulistas Renê Sobral e Afonsinho BV.
Teve composições gravadas por Luiz Ayrão e Jorginho do Império.

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Festivais de Música Popular
3 Chico Buarque
4 Caetano Veloso
5 Música Sertaneja
6 Dorival Caymmi
7 Hermeto Pascoal
8 Música Junina
9 Noel Rosa
10 Gonzaguinha