Busca:

João Tomé

João Tomé
3/3/1920 Uberaba, MG
24/8/1971 Brasília, DF

Biografia

Compositor. Multi-instrumentista.   Nasceu com uma grave lesão visual congênita, ficando completamente cego aos cinco anos de idade. Devido ao grande interesse que teve pela música, ganhou uma viola de seu pai ainda pequeno. Depois, chegou a vender mangas que colhia em seu quintal e comprou um cavaquinho. Aos 12 anos produziu uma flauta, com um pedaço de bambu que pegou no quintal da chácara onde morava. Aprendeu a escala musical com o professor Antenógenes Silva. Ganhou uma flauta transversal de seu tio, adquirindo prática na flauta e depois em outros instrumentos, como viola, violão, cavaquinho, bandolim, bateria e pandeiro. Tornou-se multi-instrumentista, e passou a ser conhecido como “o homem dos sete instrumentos” e “o homem que enxergava com a alma”. Em 1947 tornou-se o coordenador musical do Instituto dos Cegos de Uberaba e ensinou os alunos internos a tocar vários instrumentos. Em 1960 foi morar em Brasília (DF), onde deu aulas de violão no Centro Educacional Caseb. Em 1967 foi efetivado no quadro permanente de professores da Fundação Educacional do Distrito Federal, onde desenvolveu um método de tocar violão para pessoas com deficiência visual. Faleceu aos 51 anos de idade em Brasília (DF). Na ocasião, a Rádio Nacional de Brasília prestou-lhe homenagem ao longo da sua programação. O escritor e radialista Clemente Luz escreveu algumas crônicas a seu respeito, entre as quais “A morte de Tomé”, “As árvores também morrem”, “A flauta de Tomé”, “A bengala branca”.

Mais visitados
da semana

1 Noel Rosa
2 Nelson Cavaquinho
3 Chitãozinho e Xororó
4 Hermeto Pascoal
5 Gerlane Lops
6 Tom Jobim
7 Bibi Ferreira
8 Dorival Caymmi
9 Cat Dealers
10 Elza Soares