Busca:

João Felício dos Santos

João Felício dos Santos
14/3/1911 Mendes, RJ
13/6/1989 Rio de Janeiro, RJ

Biografia

Letrista, poeta, ator, jornalista, publicitário, carnavalesco, roteirista, romancista autor de livros infantis.
Filho do engenheiro e jornalista João Felício dos Santos e de Amanda Felício dos Santos, sobrinha do maestro Leopoldo Miguez.
Exerceu a profissão de topógrafo do Ministério de Viações e Obras do governo que o levou aos confins do Nordeste e os mais distantes rincões do Brasil, às vezes, a serviço do governo e na maioria delas, por conta própria, em pesquisa para seus romances-históricos.
Autor de uma obra, principalmente centrada no romance-histórico, publicou em vida os seguintes livros: "Palmeira Real" (poesias/1934); "O pântano também reflete estrelas" (romance/1949); "João Bola" (infantil/1956); "João Abade" (romance/1958); "Major Calabar" (romance/1960); "Ganga Zumba" (romance/1962 - com ilustrações de Carybé); "Cristo de lama" (romance/1964); "A Menina e o Navio" (infantil/1964); "Canto Geral das Minas de Goytacazes" (poesias/1965); "Zag, Zeg, Zig no espaço" (infantil/1967); "Carlota Joaquina, a Rainha Devassa" (romance/1968); "Ataíde, azul e vermelho" (romance/1969); "Do Ipiranga à Transamazônica" (infantil/1972); "O Doquinha" (infantil/1973); "A Marca e o Logotipo Brasileiros" (livro técnico/1974); "Nico Piá" (infantil/1975); "Xica da Silva" (romance/1976); "Os Trilhos" (romance/1976); "A Guerrilheira - O Romance da vida de Anita Garibaldi" (romance/1979); "Benedita Torreão da Sangria Desatada" (1983) e "Margueira Amarga", romance, em 1985, com ilustrações de Poty.
Em jornalismo trabalhou como Editor Chefe nas publicações Revista Mundo Católico (1955 a 1957); Revista Brasil constrói (1960), Revista Kosmopolita e colaborou com artigos e críticas para o jornais Correio da Manhã, O Globo e Gazeta do Rio.
Escreveu os argumentos de "Cristo de Lama", de Wilson Silva (1966) e de "Parceiros da Noite", de José Medeiros, em 1980.
Faleceu no Rio de Janeiro e deixou vários trabalhos inéditos, entre os quais "A Força Vermelha" (1987) e o romance "Rotas de Além-Mar" (1988), além de um livro de poesias e roteiros para cinema, tais como "O dique" e "Quando os dinossauros morrem", de 1987.
No ano de 2011, em homenagem ao seu centenário, foram reeditados vários de seus livros e lançados em evento no Auditório da ABI (Associação Brasileira de Imprensa), no Rio de Janeiro, no qual o jornalista Ricardo Cravo Albin proferiu palestra sobre a vida e obra do amigo. Da mesa de depoimentos participaram vários atores e personalidades cariocas. Na ocasião, também foi lançado um site sobre a vida e obra do escritor.

Mais visitados
da semana

1 Paulinho da Viola
2 Dorival Caymmi
3 Festivais de Música Popular
4 Caetano Veloso
5 Beatriz Rabello
6 Tom Jobim
7 Noel Rosa
8 Vinicius de Moraes
9 Chico Buarque
10 Daniela Mercury