Busca:

João Carlos Carino

João Carlos Coutinho Carino
17/6/1960 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Inicialmente, como violonista, integrou o Grupo Fragmentos.

Em 1979, ingressou na TV Educativa do Rio de Janeiro, onde trabalhou como Assistente de Produção de Fernando Lobo. Nesta emissora, trabalhou em diversos programas musicais, entre os quais "É preciso cantar", "Lira do povo", "Os músicos", "Água-viva", "Contraluz" e "Mudando de conversa", estes últimos com Hermínio Bello de Carvalho.

Entre 1982 e 1983, trabalhou na Rádio Fluminense, produzindo e apresentando o programa "Gente nossa, gente jovem", ao lado de Marcelo Pascoal e Marcos Teixeira.

Em 1988, produziu o disco "Orquestra Brazil Consort", pela Thomas de La Rue.

Em 1989, fundou, com Hermínio Bello de Carvalho, o selo Bello Belo Empório de Artes Ltda, produzindo os dois últimos discos de Elizeth Cardoso: "Elizeth Cardoso canta Ary Amoroso" (1989) e "Todo Sentimento"  (1990), este último com Raphael Rabello, ambos lançados pela Sony Music.

No ano de 1996, ingressou na Rádio MEC do Rio de Janeiro, onde produziu e apresentou o programa "Os músicos" e, ao lado de Paulo Cesar de Andrade, o programa "Roda de choro", além de diversos especiais musicais.

Em 1998, produziu, com Hermínio Bello de Carvalho, o CD "Chico Buarque de Mangueira", lançado pela gravadora BMG. Nesse mesmo ano, juntamente com Maurício Carrilho e Luciana Rabello, fundou o Selo Acari Records, especializado em choro, pelo qual lançou os discos de Álvaro Carrilho, "Leonardo Miranda toca Callado", Luciana Rabello, Maurício Carrilho, Arranca Toco e Índio do Cavaquinho. No mesmo ano, produziu, para a gravadora Pau-Brasil, o CD "Clássicas", de Zezé Gonzaga e Jane Duboc.

Em 2000, foi convidado por Jane Duboc e Paulo Amorim para trabalhar como diretor da gravadora Jam Music, na qual produziu os CDs "Sessão passatempo", de Carol Saboya, "Cristina canta Wilson Batista", "Bena Lobo", "Tunai ao vivo", "Angela Rô Rô", "Bukassa - quero viver", "Célia Vaz e Zé Luiz Mazziotti cantando Paulinho da Viola", Grupo Curupira, Martinho da vila - samba de enredo unidos do mundo", Ângela Rô-Rô "Acertei no milênio", Célso Viáfora "Basta bater um tambor", João Nogueira ao vivo "Através do espelho" e outros. Nesse mesmo ano, produziu, com Hermínio Belo de Carvalho, a caixa "Clementina 100 Anos", com patrocínio da BR - Distribuidora, contendo oito discos gravados por Clementina de Jesus.

Em 2001, produziu o CD "Beth Carvalho canta Nelson Cavaquinho" e o CD "Para salvar a terra", das Frenéticas, para a gravadora Jam Music.

No ano seguinte, produziu, para o Museu da Imagem e do Som, o CD "Com Jacob, sem Jacob" e, para Universal Jazz, da França, o disco "Interior", de Marcio Faraco, depois lançado no Brasil pela Biscoito Fino.

No ano de 2003, produziu, ao lado de Hermínio Bello de Carvalho, a caixa "Faxineira das Canções", de Elizeth Cardoso, na qual foram compilados quatro discos da cantora, com lançamento pela gravadora Biscoito Fino.

Produziu, no ano seguinte, pela Niterói Discos, CDs de Marcio Proença, Marcos Lima e "Ismael Silva ao vivo em Niterói", com Jards Macalé, Dalva Tores, Cristina Buarque e Délcio Carvalho. Também em 2004, ao lado de Frederico Oliveira Coelho, foi um dos produtores da série de seis catálogos iconográficos coordenados por Júlio Diniz e lançados pelo Instituto Cultural Cravo Albin. Os catálogos tiveram como temas "Clube de Jazz e Bossa" (com apresentação de José Domingos Raffaelli), "Tons e sons do Rio de Janeiro" (com apresentação de Ruy Castro), "Novos caminhos do choro" (com apresentação de André Diniz), "No palco, os festivais" (com apresentação de Zuza Homem de Mello), "Telenovelas - Imaginário sonoro do Brasil" (com apresentação de João Máximo) e "Mulheres compositoras na música popular brasileira", este último com apresentação de Paulo César Pinheiro, reunindo várias gerações de compositoras brasileiras desde os primórdios da produção nacional iniciada por Chiquinha Gonzaga até o ano de 2004. A coleção, patrocinada pela El-Paso, também trouxe um CD com 15 faixas, nas quais foram inseridas "Corta-jaca" (Chiquinha Gonzaga), "A noite de meu bem" (Dolores Duran), "Andança" (Edmundo Souto, Danilo Caymmi e Paulinho Tapajós), "Cantiga por Luciana" (Edmundo Souto e Paulinho Tapajós), "Odeon" (Ernesto Nazaré), "Murmurando" (Fon-Fon e Mário Rossi), "Meu avô (Yamandú Costa), "Canto de Iemanjá" (Baden Powell e Vinicius de Moraes), "Meu bem-querer" (Djavan), "Resposta ao tempo" (Cristóvão Bastos e Aldir Blanc), "Conversa de botequim" (Vadico e Noel Rosa), "Copacabana" (João de Barro e Alberto Ribeiro) e "Cidade maravilhosa" (André Filho). No CD também foi incluído o discurso de Vinicius de Moraes em homenagem a Pixinguinha, na ocasião do recebimento da "Comenda da Ordem da Bossa" pelo Clube de Jazz e Bossa, no Teatro Casa Grande no ano de 1967. Nesta mesma noite Pixinguinha, Tom Jobim e Ismael Silva interpretaram "Carinhoso" (Pixinguinha e João de Barro), faixa também incluída no disco.
Entre 1999 e 2004, apresentou na Rádio MEC AM, ao lado do pesquisador Paulo César de Andrade, o programa "Roda de choro". Ainda em 2004, produziu vários discos, entre os quais o CD de Marcos Lima e o CD de Marcio Faraco.

No ano de 2005, fez a direção do espetáculo "Alabê de Jerusulém", de Altay Veloso, que reuniu no palco do Canecão Lenine, Elba Ramalho, Alcione, Sandra de Sá, Fafá de Belém, Ronnie Marruda, Leny Andrade, Cláudio Zoli, Zezé Motta, Jorge Vercilo, Pery Ribeiro, Lucinha Lins, Cris Delanno e Selma Reis.

Em 2006, fundou e presidiu o Instituto Memória Musical Brasileira (IMMUB), responsável pela catalogação de mais de 100 discos produzidos no Brasil. A pesquisa teve a participação de Paulo Cesar de Andrade e Silvio Julio Ribeiro. O IMMUB manteve no ar por dois anos o site do “Jornal Musical”, tendo como editor o jornalista Tarik de Souza. O IMMUB mantém a catalogação e digitalização de 25 mil partituras da Banda do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro com arranjos originais de 1880 até 1930.

Produziu, em 2007 e 2008, os projetos “A Fala da Flauta” (4 DVDs)  e “Poesia do Sopro” (3 CDs), com o flautista Altamiro Carrilho.  Dirigiu o espetáculo de lançamento da caixa de CDs, realizado no Vivo Rio, em 2008, e no Guairão (Curitiba), em 2009, com participação de Altamiro Carrilho, Mauricio Einhorn, Orquestra Furiosa Portátil, Zé da Velha, Silvério Pontes, Nicolas Krassik, Deo Rian, Mauricio Carrilho, Cristovão Bastos, Hamilton de Holanda, Soraya Ravenle, Alfredo Del-Penho, João Lyra, Sergio Albach, Orquestra Sinfônica de Curitiba e Trio Catuaba Brasil, entre outros, com apresentação de Haroldo Costa. O projeto financiado por Andreas Pavel, Petrobras e SESI. Ainda em 2008, produziu a caixa de DVDs “Ao Jacob seus Bandolins”, distribuída pela gravadora Biscoito Fino.

Entre 2008 e 2010, produziu e dirigiu shows de Marcus Lima, Marcio Faraco, Altamiro Carrilho, “Cartola 100 anos” (no Teatro Popular de Niterói) e a remontagem da peça “Calabar”, de Chico Buarque e Ruy Guerra, com direção de Ruy Faria. Nesse mesmo período, produziu discos de Ricardo Pavão, Andréia Carneiro, Marcio Faraco, Ivan Lins e Celso Viáfora, Anna Botelho e Denise Vianna, e Marcus Lima.

Em 2010, produziu o evento “Noel Rosa, Poeta da Cidade”, participando também como palestrante ao lado de Julio Diniz e André Diniz. Os shows, com participação musical de Alfredo de-Penho e Marcus Lima, aconteceram nas sedes do SESC Petrópolis, Teresópolis, Friburgo, Tijuca e Barra Mansa no Rio de Janeiro.  Nesse mesmo ano, dirigiu a gravação do DVD de Monarco, realizado no Teatro OI Casagrande (RJ), com participação especial de Zeca Pagodinho, Martinho da Vila, Paulinho da Viola e Velha Guarda da Portela. Também em 2010, produziu o CD “Sweet Face of Love”, da cantora Jane Duboc, e um CD somente com músicas de Noel Rosa, cantado por Alfredo Del Penho, Soraya Ravenle e Carlos Didier para ser encartado no livro “Noel Rosa: o poeta e a cidade” (Casa da Palavra). Ainda em 2010, produziu o DVD do  compositor Monarco, com participação especial de Martinho da Vila, Paulinho da Viola e Zeca Pagodinho, patrocinado pela OI Futuro.

Mais visitados
da semana

1 Chitãozinho e Xororó
2 Caetano Veloso
3 Noel Rosa
4 Bloco Carnavalesco Concentra Mas Não Sai
5 Elis Regina
6 Tom Jobim
7 Isolda
8 Bezerra da Silva
9 As Marcianas
10 Luiz Gonzaga