Busca:

João Callado

João Callado da Silva Pereira
7/8/ 1973 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Integrou como músico a Companhia Folclórica da UFRJ, tendo feito várias apresentações e participado do "II Festival Internacional de Folclore" em Ibague, Colômbia, no ano de 1997.
Entre 1996 a 1998 integrou o grupo Cordão do Boitatá, do qual também foi um dos fundadores.
Em 1997, integrou o grupo de choro Abraçando Jacaré, tendo acompanhado músicos como Yamandú Costa e Ronaldo do Bandolim, entre outros.
Em 1998, integrou o grupo de samba Grupo Semente.
Como instrumentista, acompanhou Teresa Cristina, Marisa Monte, Paulinho da Viola, Caetano Veloso, Dona Ivone Lara, Elton Medeiros, Beth Carvalho, Monarco, Jair do Cavaquinho, Argemiro Patrocínio, Luís Melodia, Ivor Lancellotti, Arlindo Cruz, Elza Soares, Turíbio Santos, Walter Alfaiate, Paulo Moura, Wilson das Neves, Guilherme de Brito, Wilson Moreira, Casquinha da Portela, Eduardo Neves, Pedro Luís e Roberta Sá, entre outros.
Com Teresa Cristina, o grupo fez shows em Tóquio, Paris, Berlim, Tenerife (Ilhas Canárias), Nova Delhi, Amsterdã, Cidade do México, Quito, Varna (Bulgária), Pretória (África do Sul), Moscou, Buenos Aires, São Paulo, Salvador, Curitiba, Recife, Fortaleza, Natal, João Pessoa, Campina Grande, Aracaju, Maceió, Garanhuns, Brasília, Rondônia e  Belo Horizonte.
Tem parcerias com Teresa Cristina, Moyseis Marques, Edu Krieger, Délcio Carvalho, Fernando Temporão, Ana Costa, Ivor Lancellotti e Mauro Aguiar.
Participou de programas de rádio, cinema, teatro e musicais, compondo arranjos e atuando como diretor musical em algumas peças, dentre as quais a peça "Pedro Mico", em 1997; "Uma Rede para Iemanjá", em 2000; "A Flor e o Samba", com Nando Duarte, em 1999 e 2005; "Rio Enredo do Meu Samba", com Nando Duarte e Rodrigo Alzuguir, em 2004 e 2005; "Opereta Carioca", com Nando Duarte, em 2008; "Oui Oui, a França É Aqui", com Nando Duarte, em 2009. Tocou cavaquinho na peça "Clara Nunes. Brasil Mestiço", em 2001 e 2003. Participou dos filmes: "Lara", de Ana Maria Magalhães, com Teresa Cristina e Grupo Semente, em 2003; "Noel - Poeta da Vila", de Ricardo van Steen, em 2006; e do curta "Samba no Botequim do seu Zé", de Bernardo Gebara, em 2009. Também participou dos documentários: "Choro Novo", de Roberto Thomé e Tiago Arakilian, em 2001; "Still in Transit" de Steve Clack, em 2007; "J. Carlos: Traço Fino", de Zé Brito, em 2009; "A Paixão Segundo Callado", em 2010.
Em 2009, foi indicado ao "3º Prêmio Contigo de Teatro", no quesito "Melhor Espetáculo Musical Nacional", pelo musical "Opereta Carioca"; e no ano seguinte, pelo musical "Oui Oui, A França é Aqui", no quesito "Melhor Direção Musical".
Em 2010, foi premiado com 2º lugar no "III Guarulhos Instrumental".
Em 2012 lançou seu segundo CD solo “Nova Dança”, que contou com 11 faixas de sua autoria e com as participações de Soraya Ravenle, em “Samba em 3” (João Callado e Edu Krieger); Pedro Miranda, em “Falta alguma coisa” (João Callado e Júlio Dain); e Marcos Sacramento, em “Só você” (João Callado e Marcos Sacramento). O disco, do qual dividiu a produção com Luís Filipe de Lima, também contou com a participação de músicos como Nicolas Krassik, Jorge Helder e Dirceu Leite. O show de lançamento do disco foi realizado no espaço Solar de Botafogo, no Rio de Janeiro. Nesse mesmo ano lançou, em parceria com o cantor e compositor Fernando Temporão, o CD “Primeira Nota”, que contou com 12 faixas inéditas da autoria de ambos. O disco, lançado pelo selo Biscoito Fino, contou com as participações dos cantores Moyseis Marques em “Nem bossa nem blues”, Áurea Martins em “Sorri”, Marcos Sacramento em “Quebra-quebra”, Teresa Cristina em “Girassol”, Monica Salmaso em “Clara” e Soraya Ravenle, que intepretou “Valsa de marés” ao lado de Fernando Temporão, responsável pelos vocais das outras faixas. Participou do programa “Agora no Ar” da rádio Roquette-Pinto, com roteiro e apresentação de Ricardo Cravo Albin, no qual apresentou, ao lado de Fernando Temporão, músicas do disco “Primeira Nota”.

Mais visitados
da semana

1 Música Sertaneja
2 Dorival Caymmi
3 Caetano Veloso
4 Tom Jobim
5 Daniela Mercury
6 Noel Rosa
7 Hermeto Pascoal
8 Assis Valente
9 Lupicínio Rodrigues
10 Gilberto Gil