Busca:

Jaime Vaz Brasil


Porto Alegre, RS

Dados Artísticos

Recebeu vários prêmios tanto literários quanto em festivais de música, entre eles o Prêmio Açorianos de Literatura e o Prêmio Felippe d'Oliveira.
Durante a carreira, teve vários poemas musicados e gravados por artistas gaúchos, entre eles “Despedida” (c/Ricardo Freire), gravado por Ângela Gomes, e premiado como Melhor Letra no Festival Califórnia da Canção; “Os Quatro Espelhos”, gravado por Lúcia Helena, no CD “Os Olhos de Borges; “O Amor em Pouso de Ave” (c/Ricardo Freire), interpretado por
Ricardo Freire; “Milonga de Sombras” (c/ Vitor Ramil), interpretado por
Vitor Ramil no CD “Os Olhos de Borges”; “Na Areia Escrevi Teu Nome” (c/Ricardo Freire), interpretado por Kako Xavier; “Presságios”(c/ Ricardo Freire), interpretado por Victor Hugo; “Milonga de Constâncio Soledad” (c/ Ricardo Freire), interpretado por Ivo Fraga e premiado como Melhor Letra e Melhor Música Inédita no Califórnia da Canção; “Deixo Teu Nome Nos Muros Caiados” (c/ Pery Souza), interpretado por Pery Souza e Kleiton & Kledir; “Coração de Milonga” (c/ Pery Souza), interpretado por Pery Souza e premiado como Melhor Letra no Moenda da Canção; “A Concha das Horas” (c/ Ricardo Freire), interpretado por Ângela Gomes; “Tablados de Vidro”(c/ Paulo Deniz Júnior), interpretado por Felipe Elizalde; “O Tempo das Pátrias Bêbadas” (c/Flávio Vaz Brasil), interpretado por Ivo Fraga e escolhido como Melhor Composição para Teatro no Prêmio Açorianos; “Procissão” (c/ Vinícius Brum), interpretado por Grupo Tambo do Bando e Vencedor de Prêmio Melhor Letra do Coxilha da Canção; “Amor à Sombra de Fuga” (c/ Ricardo Freire), interpretado por Ângela Gomes e premiado como Melhor Letra do Califórnia da Canção; “Milonga Borgeana” (c/ Pery Souza), interpretado por Pery Souza e Vitor Ramil no CD “Milonga do Pendular Encontro”.
Como escritor, no Prêmio Açorianos de Literatura, foi indicado com as obras "Os Olhos de Borges", “Inventário de Cronos”, vencedor, com “Livro dos Amores", e indicado e vencedor na categoria Composição para Teatro, em parceria com Flávio Vaz Brasil.
Foi também vencedor do Prêmio Paulo Sérgio Gusmão, com o poema "O Amor Intestino", vencedor do Concurso Literário Felippe d'Oliveira, com o poema "A Primeira Morte"; e vencedor, por três edições, do Prêmio Melhor Letra (Troféu Apparício Silva Rillo), da Califórnia da Canção.
Como letrista, teve cerca de 20 premiações em outros festivais.

Mais visitados
da semana

1 Jorge Portugal
2 José Camillo
3 Festival MPB 80 (Rede Globo)
4 Caetano Veloso
5 Moreno Veloso
6 Rodrigo Vellozo
7 Renato Barros
8 Mayck e Lyan
9 Tiee
10 Sivuca