Busca:

Inácio Rios

Inácio Rios dos Santos
3/1/85 Niterói, RJ

Dados Artísticos

Acompanhou o pai desde pequeno, com quem, aos oito anos, foi dirigido por Rildo Hora em sua estréia no CD,  lançado pela Sony Music, que reunia os melhores sambas de enredo da Imperatriz Leopoldinense. Aos 12 anos de idade, foi convidado por Martinho da Vila para interpretar duas faixas no CD "Butiquim do Martinho", no qual cantou ao lado de seu pai, Zé Katimba, na faixa "Se Deus Quiser". Nesse mesmo ano, recebeu o prêmio "Revelação da MPB",  como cantor e compositor, pela Ordem dos Músicos do Brasil (OMB).  Em 2005 foi o mais jovem campeão de samba-enredo da história do carnaval carioca, desfilando com seu samba "Buon Mangiare, Mocidade! A Arte está na mesa", na Escola de Samba Mocidade Independente de Padre Miguel.  Lançou em 2007 o CD "Bendita Percussão", que contou com composições de Dudu Nobre, Roque Ferreira, Nelson Rufino, Martinho da Vila, Zé Katimba, Diogo Nogueira, Paulo César Pinheiro, entre outros. Em 2008 recebeu em Porto Alegre o "Prêmio Estandarte de Ouro - Melhor Samba Enredo", pela Escola de Samba Imperatriz Dona Leopoldina; em 2010 foi campeão do samba-enredo da Escola de Samba Embaixadores do Ritmo, também de Porto Alegre. Em 2012 participou da roda de samba beneficente de apoio à campanha internacional contra a exploração sexual infantil, realizada no Engenho Country, em Niterói (RJ), da qual participaram artistas como Maria Menezes, Alexandre Nunes, as crianças do grupo Sorrindo e Batucando, entre outros. Em 2013 foi um dos vencedores da 7ª edição do concurso “Novos Bambas do Velho Samba, realizado pela casa Carioca da Gema, no Rio de Janeiro. Integrou a banda de Jorge Aragão.  Teve composições interpretadas por Martinho da Vila, como "Penetrante olhar" e "Se Deus quiser", e também por Diogo Nogueira, como "Samba pros poetas", "Espelho da alma" e "Razão pra sonhar". Integrou a banda que acompanhava o cantor Diogo Nogueira em suas apresentações. Em 2015 lançou seu primeiro CD autoral “ Agulha de Marear”, com 12 faixas sendo essas “Agulha de marear” (c/ Raul DiCaprio), “Pro amor desaguar” (c/ Raphael Richaid), “Eu nasci” (c/ Diogo Nogueira), “Sagrado amor”, “Puramente louco” (c/ Dudu Oliveira), “O conto do campo minado” (c/ João Martins), “Boas novas do jardim” (c/ João Martins), “Canto de sereia”, “Claro” (c/ Dudu Oliveira e Mussa), “Canto maior” (c/ Tato Barcellos e Fabinho Pimentel), “É, eu canto samba” (c/ Gegê Fernandes) e “Velha lama” (c/ João Martins).

Mais visitados
da semana

1 Pixinguinha
2 Ricardo Cravo Albin
3 Geraldo Pereira
4 Tom Jobim
5 Luiz Vieira
6 Caetano Veloso
7 Hermeto Pascoal
8 Dorival Caymmi
9 Nelson Cavaquinho
10 Raul Seixas