Busca:

Heraldo do Monte

Heraldo do Monte
1/5/1935 Recife, PE

Não deixe de ver:

Dados Artísticos

Iniciou sua carreira profissional em Recife, acompanhando cantores em boates. Em 1956, mudou-se para São Paulo. Fez parte do conjunto de Walter Wanderley e do quarteto de Dick Farney. tocando guitarra, viola caipira e cavaquinho.

Em 1960, teve seu primeiro trabalho como músico registrado em disco de Walter Wanderley e, mais tarde, nas faixas "Fim de caso" (Dolores Duran) e "My funny valentine" (Rodgers e Hart), em disco gravado por Dolores Duran.

Ainda na década de 1960, lançou os LPs "Heraldo e seu conjunto" (1960), "Dançando com sucesso, vol.1" (1961) e "Dançando com sucesso, vol. 2" (1962).

Gravou com os Sincopados, em 1965, escrevendo arranjos para algumas faixas do LP. Recebeu, ainda nesse ano, os troféus Guarani e Roquette Pinto, este último como integrante da Orquestra de Carlos Piper.

Fez parte, ao lado de Airto Moreira e Theo de Barros, do Trio Novo, ao qual Hermeto Pascoal viria a se juntar, formando o Quarteto Novo, com o qual gravou, em 1967, o LP "Quarteto Novo", lançado pela Odeon, que incluiu em seu repertório a canção "Síntese", de sua autoria. Recebeu, como integrante do Quarteto Novo, o Troféu Roquette Pinto e, por duas vezes, o Troféu Imprensa.

Participou da Orquestra da TV Tupi em 1969. Acompanhou Michel Legrand (Teatro Municipal de São Paulo), Hermeto Pascoal (Banana Progressiva), Zimbo Trio e outros artistas em shows promovidos pela Prefeitura de São Paulo.

Atuou em várias gravações.

Lançou, em 1970, o LP "O violão de Heraldo do Monte".

Em 1980, gravou o LP "Heraldo do Monte".

Em 1982, lançou, com Elomar, Arthur Moreira Lima e Paulo Moura, o LP "ConSertão".

Ainda na década de 1980, gravou os LPs "Cordas vivas" (1983) e "Cordas mágicas" (1986).

Em 1988, participou do Festival de Jazz de Montreal (Canadá).

Recebeu por duas vezes consecutivas o Prêmio Sharp na categoria de Melhor Arranjador, pelos discos gravados por Dominguinhos em 1994 e 1995.

Apresentou-se em shows, acompanhado do percussionista João Paraíba e do guitarrista Luís do Monte.

Dividiu com o Duofel um CD de uma série que reuniu grandes instrumentistas brasileiros.

Ao longo de sua carreira, atuou com vários artistas como Hermeto Pascoal, Dominguinhos, Edu Lobo, Zimbo Trio, Geraldo Vandré, Johny Alf e Michael Legrand, entre outros.

Lançou, em 2000, o CD "Viola nordestina" e, em 2003, com Teca Calazans, o CD "Teca Calazans & Heraldo do Monte".

Mais visitados
da semana

1 Caetano Veloso
2 Festivais de Música Popular
3 Hermeto Pascoal
4 Dorival Caymmi
5 Tom Jobim
6 Noel Rosa
7 João Gilberto
8 Luiz Gonzaga
9 Chico Buarque
10 Jane e Herondy