Busca:

Guilherme Dias Gomes

Guilherme Emmer Dias Gomes
11/7/1950 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Em 1975, realizou sua primeira atuação profissional, na peça "Gota D’Água", de Chico Buarque e Paulo Pontes.

Participou, como compositor, das trilhas sonoras das novelas "Véu de noiva", "Bandeira 2", "Assim na terra como no céu" e "Coração alado" (Rede Globo).

Assinou a produção musical de "Marina", "As noivas de Copacabana", "A comédia da vida privada", "O alienista", "O coronel e o lobisomem", "Você decide", "Regina Duarte especial", "Anjo de mim", "O fim do mundo", "A indomada"e "Mulher" (Rede Globo).

Compôs a trilha sonora de "Obsessão", filme de Jece Valadão, e de "Meu reino por um cavalo", peça teatral de Dias Gomes.

Como instrumentista, participou da gravação de discos de Rita Lee, Gal Costa, Paulinho da Viola, Roberto Carlos, Chico Buarque e Nara Leão, entre outros.

Viajou em turnês pelo Brasil, Europa e Estados Unidos acompanhando MPB-4, Ivan Lins, Antonio Adolfo, Zé Renato, Leila Pinheiro e Kid Abelha, entre outros.

Em 1988, gravou seu primeiro disco, "Milhas e milhas", pelo qual foi indicado para o Prêmio Sharp na categoria Melhor Arranjador Musical.

Lançou, em 1995, o CD "Jazz brasileiro"

Dois anos depois, suas composições "Leste" e "Irerê" foram incluídas no repertório do CD "Cláudio, Rio & Friends", de Claudio Roditi.

Em 1999, lançou o CD "Camaleão urbano".

Tocando trompete e flugelhorn, gravou, em 2003, o CD "L’amour". O disco, que teve direção musical de Rafael Vernet, contou com a participação de Pete O’Neal (sax tenor e flauta), Rafael Vernet (piano acústico e Fender Rhodes), José Santa Rosa (baixo acústico) e Rafael Barata (bateria), além de Bernardo Bosísio (violão na faixa "Marcela M") e Lula Galvão (violão na faixa "Irerê)

É responsável pela produção musical do programa "Carga Pesada" (Rede Globo) desde 2003.

Em 2012, apresentou-se no espaço Vizta do Hotel Marina (RJ), pelo projeto “Samba, jazz e muito mais”, como convidado especial do grupo Companhia Estadual de Jazz.

Em 2013, apresentou-se no espaço Vizta (RJ), pelo projeto “Bossa, jazz e muito mais”, homenageando o trompetista Chet Baker (1929-1988), uma das maiores influências em sua carreira e em seu estilo de tocar. A seu lado, os músicos Charles Rio Monteath (piano), Jefferson Leskovitch (baixo), Pete O’Neill (sax tenor e flauta) e André Tandeta (bateria). No repertório, canções eternizadas pelo músico norte-americano, como “Like Someone In Love”, “My Funny Valentine” e “I Fall In Love Too Easily”.

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Noel Rosa
3 Eumir Deodato
4 Dorival Caymmi
5 Chico Buarque
6 Geraldo Pereira
7 Lupicínio Rodrigues
8 Pixinguinha
9 Roberto Carlos
10 Romildo