Busca:

Guilherme Arantes


28/7/1953 São Paulo, SP

Não deixe de ver:

Dados Artísticos

Iniciou sua carreira profissional em 1969, com o conjunto de rock progressivo Moto Perpétuo, com o qual gravou um LP em 1974, registrando nove músicas de sua autoria.

Produziu jingles e vinhetas para os estúdios Pauta e Vice-Versa.

Em 1976, deixou o grupo e partiu para carreira solo, lançando o LP “Guilherme Arantes”, com destaque para a balada pop romântica "Meu mundo e nada mais", incluída na trilha sonora da novela "Anjo mau" (Rede Globo). Os discos seguintes foram “Ronda noturna” (1977) e “A cara e a coragem” (1978).

Em 1979, participou do "Festival 79", promovido pela extinta TV Tupi, com a música "Estatísticas", lançada em compacto simples pela WEA. Nesse ano, lançou mais um LP intitulado “Guilherme Arantes”.

Lançou, em 1980, o LP “Coração paulista”.

No ano seguinte, participou do festival "MPB-Shell", com "Planeta água", música de temática ecológica que, embora fosse a favorita do público, obteve a segunda colocação no evento que teve como vencedora a canção "Purpurina" (Jerônimo Jardim). A música foi bastante executada nas rádios.

Ainda na década de 1980, lançou os LPs “Guilherme Arantes” (1982), “Ligação” (1983), “Despertar” (1985), “Calor” (1986), “Guilherme Arantes” (1987) e “Romances modernos” (1989), emplacando outros sucessos, como "Lindo balão azul", incluído, em 1982, na trilha sonora do especial infantil "Pirlimpimpim" (Rede Globo), e "Cheia de charme", em 1985.

Na década de 1990, lançou o LP “Pão” (1990) e os CDs “Meu mundo e tudo mais-Ao vivo” (1991), “Crescente” (1992), “Castelos” (1993), “Clássicos” (1994), “Outras cores” (1996), “Maioridade” (1997) e “Guilherme Arantes” (1999).

Em 2000, lançou os CDs “Guilherme Arantes - Ao vivo” e “New classic piano solos”.

No ano seguinte, lançou o CD “Guilherme Arantes - Ao vivo”.

Em 2003, gravou o CD “Aprendiz”.

Em 2005, participou, ao lado de Flávio Venturini, do projeto "Tom Acústico", na casa de espetáculos Tom Brasil (SP). Os dois artistas apresentaram sucessos de suas respectivas carreiras.

Lançou, em 2007, o DVD “Intimidade”, registro da gravação do CD homônimo, no estúdio de sua casa, na Bahia, em clima intimista, com a presença de 30 membros de seu fã-clube, com destaque para sucessos autorais emblemáticos de sua carreira, como “Planeta Água", "Cheia de charme", "Um dia um adeus", "Meu mundo e nada mais" e "Amanhã". Nos extras, informações sobre a ONG Planeta Água, além de canções gravadas em externas e duas inéditas: "Blue Moon para sempre" e o clipe de "Salvador, Primavera e Outono".

Constam da relação dos intérpretes de suas canções Elis Regina, Zizi Possi, Roberto Carlos, Caetano Veloso, Cláudia Telles, Eliete Negreiros, MPB-4, Quarteto em Cy, Emílio Santiago, Flávio Venturini, Claudette Soares, Ronnie Von, Vanusa, Fábio Jr., 14 Bis, A Cor do Som, Leila Pinheiro, Sandra de Sá, Vanessa Barum, Patricia Marx, Luiz Caldas e Angélica, entre outros artistas.

Em 2013, lançou o CD “Condição humana (sobre o tempo)”, com 10 canções inéditas de sua autoria: “Condição humana”, “Onde estava você”, “Cruzeiro do Sul”, “Tudo que eu só fiz por você”, “Moldura do quadro roubado”, “Oceano de amor”, “Olhar estrangeiro”, “Você em mim”, “Castelo do reino” e “O que se leva (Temor ao tempo)”. O disco contou com a participação de Kassin, Curumin, Duani, Maryana Aydar, Thiago Pethit, Tiê, Tulipa Ruiz e Marcelo Jeneci, artistas da nova geração musical brasileira. Nesse mesmo ano, fez show de lançamento do disco no Vivo Rio (RJ). Ainda em 2013, apresentou-se no Sesc Engenho de Dentro (RJ), interpretando sucessos de carreira. No ano de 2016, lançou a caixa (Guilherme Arantes 1976-2016) com sua discografia completa, impulsionado pelo interesse das novas gerações por seu trabalho.  Em 2017, ao completar 41 anos de carreira, lançou o álbum inédito “Flores e cores”, com 12 faixas. Este foi seu 27º álbum e o 21º autoral, que saiu após quatro anos desde seu último álbum, em 2013.

Mais visitados
da semana

1 Isolda
2 Noel Rosa
3 Luiz Gonzaga
4 Eumir Deodato
5 Dorival Caymmi
6 Geraldo Pereira
7 Lupicínio Rodrigues
8 Pixinguinha
9 Chico Buarque
10 Roberto Carlos