Busca:

Guello

Luiz Carlos Xavier Coelho Pinto
12/7/1960 Belo Horizonte, MG

Dados Artísticos

Ao longo de sua trajetória, gravou com vários artistas, entre os quais Paulo Moura, Mônica Salmaso, Joyce, Marco Pereira, Toninho Carrasqueira e Toninho Ferragutti.

Integrando o trio Bonsai, ao lado de Paulo Braga (piano) e Mané Silveira (sax e flauta), lançou, em 1996, o CD “Bonsai Machine”, com as músicas “Vôo Livre”, “Chorinho Pro Lôi”, “Samburai”, “Cristais de estrelas”, “Bluss bom bom e água”, “Indra”, “Sea and Sand” e “Baião alucinado”, todas de Mané Silveira, “Meu querido Borzolino” (Toninho Ferragutti e Mané Silveira), “Brigas nunca mais” (Tom Jobim e Vinicius de Moraes), “Ternura antiga” (Dolores Duran e Ribamar) e “Intrigas no Boteco do Padilha” (Luis Americano).

Como integrante da Orquestra Popular de Câmara, ao lado de Benjamim Taubkin (piano), Teco Cardoso (flauta e saxofone), Mané Silveira (flauta e saxofone), Ronen Altman (bandolim), Paulo Freire (viola caipira), Toninho Ferragutti (acordeon), Dimos Goudaroulis (violoncelo), Lui Coimbra (violoncelo), Sylvio Mazzucca Jr. (baixo), Caíto Marcondes (percussão) e Zezinho Pitoco (percussão), lançou, em 1998, o CD “Orquestra Popular de Câmara”.

Também como integrante do trio Bonsai, lançou, em 2001, o CD “Desdobraduras”. No repertório, suas composições “A Bandinha” e “Baião maluco”, ambas com Paulo Braga e Mané Silveira, além de “Nhonhô da Botica”, “21” e “Manhã”, todas de Paulo Braga, “Córsega”, “Valsa da lua”, “Sonhos” e “Berimba”, todas de Mané Silveira, “Pro Zeca” (Victor Assis Brasil) e “Jongo” (Paulo Bellinati). O disco contou com a participação de Ná Ozzetti (voz), Toninho Carrasqueira (flauta), Adriana Christina de Barros Holtz (violoncelo) e Dimos Goudaroulis (violoncelo) na faixa “Sonhos”.

Faz parte, juntamente com Benjamim Taubkin (piano), Nailor Proveta (clarinete), Izaías de Almeida (bandolim) e Israel de Almeida (violão 7 cordas), do grupo de choro Moderna Tradição, com o qual lançou, em 2004, o CD “Moderna Tradição”. No repertório, “Vibrações” e “Pérolas”, ambas de Jacob do Bandolim, “Proezas de Sólon” e “Cheguei”, ambas de Pixinguinha e Benedito Lacerda, “Sonoroso” (Del Loro e K-Chimbinho), “Lamentos do Morro” (Garoto), “Gotas de ouro” (Ernesto Nazareth), “Cochichando” (Pixinguinha, João de Barro e Alberto Ribeiro) e “Lamentos” (Pixinguinha e Vinicius de Moraes). O disco contou com a participação de Teco Cardoso (sax barítono) na faixa “Cheguei”.

Mais visitados
da semana

1 Mumuzinho
2 Dorival Caymmi
3 Festivais de Música Popular
4 Gilberto Gil
5 Chico Buarque
6 Assis Valente
7 Emílio Santiago
8 Adoniran Barbosa
9 Daniela Mercury
10 Clara Nunes