Busca:

Guaraná de Rolha



Dados Artísticos

Grupo carioca de choro formado em 2003 por alunos de música da Uni-Rio. Integrado por Antônio Dantas - 1983 - bandolim: Toca bandolim desde os 19 anos, quando iniciou seus estudos na Escola de Música Villa-Lobos, onde cursou o nível Técnico. Tocou acompanhado pelo conjunto de samba e choro Galo Preto. Integrou também o conjunto de samba e choro Passagem de Nível. Apresentou-se no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, ao lado dos bandolinistas Afonso Machado e Paulo Sá, seu professor. Apresentou-se também em várias cidades do Estado do Rio de Janeiro, entre elas, Mendes, Paracambi, Barra do Piraí, Volta Redonda e Penedo. Bruno Jardim - 1984 - flauta: toca flauta desde os 15 anos. Como integrante do grupo Flautistas da Pro-arte, apresentou-se em diversos espaços do Rio, tais como: Teatro Carlos Gomes; Teatro João Caetano; Teatro Villa-Lobos; Teatro do Planetário e Sala Cecília Meireles. Tocou em Macaé, Cabo Frio, Campos, Paraty, Betim (MG), Belo Horizonte, Salvador. Apresentou-se no programa "Jô Soares Onze e Meia", em São Paulo. André Santos - 1981 - acordeão: cursou a faculdade de música na UNI-Rio. Em 2000 iniciou o estudo de acordeão. Participou de gravações em trilhas sonoras para teatro e vídeo. Rafael Meire - 1983 - violão: começou a tocar violão aos 12 anos. Também integra o conjunto de samba Couro de Gato, junto com Thiago Assis. Henrique Martins - 1982 - violão de sete cordas: iniciou no violão de seis cordas e posteriormente passou para o de sete. Integrando o quinteto de violão Sescontu, apresentou no Teatro Municipal de Niterói, Vinicius Piano-Bar e no Casarão Cultural, entre outras casas noturnas e espaços culturais da Lapa, bairro boêmio do centro do Rio de Janeiro. Thiago Assis - 1983 - cavaquinho: Começou a aprender cavaquinho aos 18 anos. Também integrante dos grupos Couro de Gato e Fuzarca da Lira, com o qual se apresentou no Circuito Nacional SESC de Teatro e Dança. Integrando um projeto social leciona cavaquinho desde 2003 no morro do Vidigal. Igor Higa - 1980 - pandeiro: baterista e percussionista, começou a tocar pandeiro em 1998. Acompanhou vários artista da MPB. Participou de mostras de música, de teatro e animação através de trilhas sonoras e apresentações em casas noturnas como Mistura Fina, Café dos Arcos e Espaço BNDS. É integrante, além do Guaraná de Rolha, do Trio Kari, grupo instrumental. O nome do grupo surgiu a partir de seu repertório inicial, que consistia em choros antigos e pouco conhecidos, dos tempos do "guaraná de rolha". Tendo como um dos incentivadores o professor e pianista Luiz Otávio Braga, o conjunto apresentou-se em vários eventos, entre eles, MIS (Museu da Imagem e do Som), Casa de Artes de Paquetá, no Teatro da UniverCidade; no Morro da Urca , na Sala Villa-Lobos (Uni-Rio), na cerimônia de entrega do título de Doutor Honoris Causa ao maestro Edino Krieger e no projeto "O que é que a Baía tem?", promovido pela Barcas S/A, quando se apresentou para um público em torno de 400 pessoas.

Em 2004 om grupo aprsentou-se no restaurante Axé Santé, em Botafogo. O respertório contou com choros de Jacob do Bandolim, Pixinguinha, Paulinho da Viola, Waldir Azevedo, Anacleto de Medeiros, José Toledo, José Menezes, Altamiro e Álvaro Carrilho, entre outros, além de composições de integrantes do grupo.

Mais visitados
da semana

1 Kátia Di Tróia
2 Gonzaguinha
3 Noel Rosa
4 Paulo Soledade
5 Creone e Barrerito
6 Caetano Veloso
7 Irmãs Galvão
8 Psirico
9 Trio Parada Dura
10 Tiee