Busca:

Grupo dos Fulanos



Dados Artísticos

Grupo instrumental que atuou no final da década de 1920 e gravou três discos pela Brunswick. Desse grupo fizeram parte pelo menos quatro nomes fundamentais da música popular brasileira: Arthur do Nascimento, o Tute, violonista de seis e sete cordas, bandolinista, banjoista e executante de bombo e pratos, nascido no Rio de Janeiro em 1/7/1886 e morto na mesma cidade em 15/6/1957, Donga, nome artístico de Ernesto Joaquim Maria dos Santos, violonista e compositor, um dos pioneiros do samba caricoca nascido em 5/4/1890, no Rio de Janeiro e que faleceu na mesmo cidade em 25/8/1974, o cantor Augusto Calheiros, natural de Maceió, AL, onde nasceu em 5/6/1891, tendo falecido no Rio de Janeiro, RJ em 11/1/1956, Nelson Alves que nasceu no Rio de Janeiro, RJ em 1895 e morreu na mesma cidade em 1960, Antonio Passos, também natural do Rio de Janeiro, cidade onde nasceu em 1880 e falecido em 1940, e Leopoldo Magalhães cujas informações a respeito não permitem precisar maiores dados biográficos.

Em 1930, o grupo gravou os choros "Serandi" e "Lembrei-me de ti", ambos de Nelson Alves. No mesmo ano, gravou os choros "Gigolô" e "Requebros da bailarina", de Nelson Alves, e "Não sei", de Donga, além da marcha "Mione", de Donga, e o samba "Barco furado", que contou com o canto de Artur Costa e que segundo o selo do disco seria de autoria de Zé da Pavuna, que ao que parece seria o pseudônimo usado pela dupla Pixinguinha e Cândido das Neves. Ainda no mesmo ano, participou da audição de um programa de música regional na Rádio Sociedade do Brasil no qual interpretaram os choros "Maria Helena", de Donga, "Maria de Lourdes", de Candinho, "Vaidosa" e "Naninha", de Antono Passos, e "Requebros de baianinha", de Nelson Alves, o "Fado da barca", de Donga e Augusto Calheiros, as canções "Sombra do passado" e "As flores juram", e os sambas "Miolo de baiano" e "Samba do amor", de Donga. Em outra apresentação na mesma Rádio no mesmo ano, o grupo acompanhou a cantora Jesy Barbosa na interpretação do samba "Miolo de baiano", de Donga. O grupo depois de fazer quatro gravações com sete músicas pel Brunswick acabou se dissolvendo com seus integrantes seguindo carreiras solo, quase todos com muito sucesso.

Mais visitados
da semana

1 Creone e Barrerito
2 Trio Parada Dura
3 Tiee
4 Noel Rosa
5 Caetano Veloso
6 Cacaso
7 Bruno e Marrone
8 Paulinho da Viola
9 Gonzaguinha
10 Samara