Busca:

Gelson Oliveira

Gelson Oliveira
Porto Alegre, RS

Dados Artísticos

Quando vivia em Gramado, começou a participar de bandas que cantavam na noite apresentando-se em bares. Em 1977, começou a participar de mostras universitárias de música em Porto Alegre. Por essa época, conheceu o também músico Nei Lisboa e os dois lançaram-se na carreira artística realizando um show teatral. Em 1979, a dupla entrou para o Teatro do Clube de Cultura. Em 1980, participou da gravação do disco "Juntos", do artista Nelson Coelho de Castro. Em 1983, lançou com Luiz Eweling o seu primeiro LP, "Terra", lançado no auditório da Reitoria da UFRGS, num dos trabalhos pioneiros das gravações independentes na música urbana gaúcha. Neste disco estão presentes, entre outras, "Salve-se quem souber", com Sérgio Resende e Paul de Castro, "Doce manhã", "Irmãzinha" e "Novos horizontes", de sua autoria. Em 1984, participou do disco "Força d'água", de Nelson Coelho de Castro. Em 1985, fez o arranjo de voz para a composição "Prenda minha", do disco "Esse tal de Borghetinho", do cantor gaúcho Renato Borghett. Em 1990, recebeu o Prêmio Fiat da Música Nacional 90. Em 1992, lançou seu segundo disco, "Imagem das pedras", que contou com a participação de Gilberto Gil na faixa "Pimenta". O disco contou, ainda, com a participação do instrumentista Paulo Moura na regravação de "Salve-se quem souber", de seu primeiro disco. Estão presentes ainda "Platina verde", "Garoupa" e "Só por milagre", todas de sua autoria. No mesmo ano, foi escolhido como o melhor cantor de Porto Alegre recebendo o Troféu Açorianos. O disco rendeu-lhe o Prêmio Sharp de 1993, como cantor revelação. Nessa época, realizou o show "Plebiscito" na Sala Radamés Gnattali em Porto Alegre, ocasião na qual seus fãs puderam votar no repertório de seu disco seguinte. Em 1995, lançou o CD com uma coletânea das músicas de seus dois primeiros discos. Participou ao lado de outros artistas gaúchos como Nelson Coelho de Castro, Bebeto Alves, Paulo Gaiger, Neusa Ávila, Pery Souza, Nanci Araújo, Fernando Corona, Pedrinho Figueiredo, Everson Vargas, Jua Ferreira e Edilson Ávila do Projeto Coompor Canta Lupi, interpretando músicas de Lupicínio Rodrigues. Em 1997, lançou seu quarto disco, "Tempo ao tempo", que recebeu financiamento do Fumproarte-Fundo Municipal de Apoio à Produção Artística e Cultural de Porto Alegre. O disco, basicamente instrumental mostra obras de diversas fases da carreira do artista, entre as quais, "Papagaio Pandorga", que foi tema do programa infantil Pandorga, apresentado na TVE do Rio Grande do Sul, "Literatura brasileira", que venceu o Festival da PUC de 1983, "Com minha voz" e "Tempo ao tempo" que dá nome ao disco, entre outras. A partir de 1994, apresentou-se diversas vezes na Europa, tocando na França, Suíça, Itália, Áustria e Alemanha, num total de mais de 100 apresentações. Em 1999, apresentou-se na Europa ao lado de Júlio Rizzo para divulgar o CD com trabalho da dupla, com músicas de Gelson arranjadas para trombone e violão. No mesmo ano, o show "Juntos-acústico", ao lado de Nelson Coelho de Castro, Totonho Villeroy e Bebeto Alves tendo se apresentado em Buenos Aires e Montevidéu. Apresentou-se, ainda, no Festival Sud a Sul, em Sanary, na França.

Mais visitados
da semana

1 Acyr Marques
2 Geraldo Pereira
3 Caetano Veloso
4 Dorival Caymmi
5 Noel Rosa
6 Hermeto Pascoal
7 Roberto Luna
8 Tom Jobim
9 Nelson Cavaquinho
10 Francisco Mignone