Busca:

Gabriel Grossi


Brasília, DF

Dados Artísticos

Em 2001, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde passou a integrar o grupo de Paulo Moura.

Atuou em shows e gravações com vários artistas, como Zélia Duncan, Beth Carvalho, Ivan Lins, Chico Buarque, Wilson das Neves, Dominguinhos, Leila Pinheiro, Djavan, Lenine e Milton Nascimento, entre outros.

Em 2005, gravou, em duo com o violonista Marco Pereira, o CD “Afinidade”. Também nesse ano, lançou seu primeiro disco solo, “Diz que fui por aí”, contendo suas composições “Nossa valsa” (c/ Felix Júnior), “Os curupira” e “Há Mil Tons”, além de “Cai dentro” (Baden Powell e Paulo César Pinheiro), “Baião de dois” (Daniel Santiago e Caio Tibúrcio), “Rebuliço” (Hermeto Pascoal), “Folhas secas” (Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito), “Quando Monk vir a Lobos” (Marco Pereira), “Ternura” (Kaximbinho), “Viajando pelo Brasil” (Hermeto Pascoal) e a faixa-título (Zé Kéti e H. Rocha). O disco contou com a participação de Marco Pereira, Maurício Einhorn, Hamilton de Holanda e Hermeto Pascoal, entre outros músicos.

Como integrante do Hamilton de Holanda Quinteto, gravou, em 2006, o CD “Brasilianos”, ao lado de Daniel Santiago (violão), André Vasconcellos (baixo), Márcio Bahia (bateria) e Hamilton de Holanda (bandolim).

Em 2007, lançou o CD “Arapuca”, contendo suas canções “Chamego no salão”, “Forrozinho seus”, “Domingo Pascoal” e a faixa-título, além de “Forró da Penha” (João Lyra), “Festa em Olinda Party in Olinda” (Toninho Horta), “Sete anéis” (Egberto Gismonti), “Xote do Conde” (Daniel Santiago), “Spock na Escada” (Hermeto Pascoal) e “E o Bento levou” (Toninho Ferragutti). Fez show de lançamento do disco no Centro Cultural Carioca (RJ).

Lançou, em 2009, o CD “Horizonte”, dedicado a três mestres do sopro: Paulo Moura, Raul de Souza e Maurício Einhorn.

Mais visitados
da semana

1 Chico Buarque
2 João Gilberto
3 Pixinguinha
4 Geraldo Pereira
5 Tom Jobim
6 Caetano Veloso
7 Música Sertaneja
8 Noel Rosa
9 Jackson do Pandeiro
10 João Bosco