Busca:

G. R. E. S. Unidos do Cabuçu



Dados Artísticos

Fundada a 28 de dezembro de 1945 por Wanderley Alves, Jorge Alves, Waldomiro da Rocha (Babaú), Orlando Vicente Ribeiro, Jairo Marques da Silva, João Taul Silva e Ízalo Francisco de Oliveira. Em sua bandeira estão estampadas as cores azul e branca. Sua sede localiza-se à Rua Araújo Leitão, 925. Segundo Hiram Araújo, no livro "Carnaval - Seis Mil Anos de História" , existia um clube de futebol com o nome Nacional Futebol Clube, com sede na Rua Dona Francisca, com as cores azul e branca. Na época do carnaval, este clube se transformava em bloco carnavalesco, e daí partiu a idéia de transformar o bloco em escola. As comunidades pertencentes à escola são a do Morro do Barro Vermelho, da Favela do Barro Preto e da Favela do Amor, localizadas na região que compreende os bairro de Engenho Novo, Lins de Vasconcelos e Méier. Suas principais colocações nos grupos e seus enredos são: 1990, 16º lugar no Grupo Especial com o enredo "Será Que Votei Certo para Presidente?"; 1996, quinto lugar no Grupo de Acesso com o enredo "Do Reclame ao Merchandising, a História da Propaganda no Brasil"; 1997, sétimo lugar no Grupo de Acesso A com o enredo "Todas as Marias de Nossa Terra"; 1998, terceiro lugar no Grupo de Acesso B com o enredo "Toda Sorte do Mundo"; 1999, desfilou no Grupo A; 2000, desfilou no Grupo de Acesso A com o enredo "Brasil 500... Ano 2000... Cabral Faz a Festa no Brasil"; 2001, oitavo lugar no grupo B com o enredo "Cabuçu Canta e Encanta como o Canto das Sereias".



BIBLIOGRAFIA CRÍTICA:



ALBIN, Ricardo Cravo. Dicionário Houaiss Ilustrado Música Popular Brasileira - Criação e Supervisão Geral Ricardo Cravo Albin. Edição: Instituto Antônio Houaiss, Instituto Cultural Cravo Albin e Editora Paracatu, 2006, RJ.

AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008.

Mais visitados
da semana

1 Noel Rosa
2 Lupicínio Rodrigues
3 Garoto
4 Nalva Aguiar
5 Luiz Gonzaga
6 Pixinguinha
7 Tom Jobim
8 Elza Soares
9 Assis Valente
10 Caetano Veloso