Busca:

G. R. E. S. Inocentes de Belford Roxo



Dados Artísticos

Tendo como madrinha o Grêmio Recreativo e Escola de Samba Império Serrano, a escola foi fundada em 11 de julho de 1993, no bairro Parque São Vicente, na cidade de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, com as seguintes cores: vermelha, azul e branca. Seus símbolos de pavilhão são: uma pomba e corações. Tendo como Presidente de Honra Maria Lúcia, a escola desfilou no ano seguinte de sua fundação no Grupo de Acesso "D" com o enredo "Alô alô carnaval, taí Carmem Miranda", tendo como carnavalesco Dito Ferreira. Desfilou no ano de 1995 com o enredo "Grande Otelo, uma vida que se acaba na Ribalta" e no ano seguinte, com o enredo "Que lourinha gostosa", do carnavalesco Dito Ferreira, sagrando-se vice-campeã do Grupo de Acesso D. Em 1997 conquistou o 8º lugar desfilando no Grupo de Acesso C com o enredo "Dandara, o sol da liberdade", do carnavalesco Etevaldo Brandão. No ano de 1998 ganhou seu primeiro título no referido Grupo de Acesso C, alçando desfile, no ano posterior, em 1999, no Grupo de Acesso "B", com o enredo "Viva a Baixada, longos passos do progresso rumo ao Terceiro Milênio", do carnavalesco Luiz Marques. No ano 2000, tendo como presidente Reginaldo Gomes, carnavalesco Alexandre Louzada e com o enredo "Petrópolis, roxo de amor por você", a escola desfilou no Grupo de Acesso A, classificando -se em 5º lugar. No ano seguinte desfilou com o enredo contando a história da Região dos Lagos do Rio de Janeiro intitulado "Região dos Lagos - A Inocentes é folia na terra do sol e do sal", dos carnavalescos Alexandre Louzada e Cristiane Costa. Em 2005 desfilou, no Grupo de acesso B, com o enredo "O Ouro do Lixo - De Onde Vai, Para Onde Vem, Reciclando Com Pé No Futuro", dos carnavalescos Sérgio Carioca e Róbson Goulart, alcançando a 5ª colocação neste grupo. No ano posterior reeditou o enredo de 1976 de sua madrinha - a Império Serrano - "Lenda das sereias: rainhas do mar", de Wany Araújo, obtendo a 3ª colocação no Grupo de Acesso B. No ano seguinte, em 2007, sagrou-se vice-campeã tendo à frente o carnavalesco Wagner Gonçalves, criador do enredo "Chatô - a fanfarra do homem sério mais engraçado do Brasil". Em 2008 com o enredo "Ewe, a Cura Vem da Floresta", do novo carnavalesco da escola Jorge Caribé, foi a campeã do Grupo de Acesso C passando a desfilar, no ano seguinte, no Grupo de Acesso B. No ano de 2009 tendo como carnavalesco Fran-Sérgio e como puxador oficial Dominguinho do Estácio, a escola teve a pior classificação, obtendo apenas o 9º lugar com o enredo "Do Rio Grande do Sul ao Rio de Janeiro, a Inocentes canta Brizola, a voz do povo brasileiro", em homenagem ao político Leonel Brizola. Em 2010 desfilou com o enredo sobre a importância da água para o planeta, sendo vice-campeã do Grupo de Acesso A, sendo a vice-campeã do grupo com o enredo "Água para prover a vida", criado pelos carnavalescos Roberto Szaniecki e Cristiano Bara . No ano seguinte, com enredo criado pelo carnavalesco Cristiano Bara, sobre o grupo paulista Mamonas Assassina, tendo como puxador oficial o cantor Celino Dias, a escola classificou-se em 8º lugar no desfile do Grupo de Acesso A. Em 2012 tendo como presidente Reginaldo Gomes, carnavalesco Wagner Gonçalves, como mestre de bateria Mestre Washington, mestre sala e porta-bandeira Marcílio e Cíntia (respectivamente), puxador de enredo Thiago Brito e diretor de harmonia a cargo de Luis Carlos, a escola desfilou no Grupo de Acesso A com o enredo "Corumbá - Ópera Tupi Guaikuru", sagrando-se campeã deste grupo, o que a fez desfilar no ano seguinte, no Grupo Especial do carnaval carioca. No ano de 2013 o G. R. E. S. Inocentes de Belford Roxo classificou em 12º lugar no desfile do Grupo Especial, do carnaval carioca, com o enredo As Sete Confluências do Rio Han", do carnavaleco Wagner Gonçalves, tendo como Gerente de Carnaval Pedro Arídio, Diretor de Carnaval Valdir Gomes; Diretor de Harmonia Marcelo Varanda; Mestre de Bateria Washington; Rainha de Bateria Lucilene Caetano; Mestre Sala Rogério Dornelles e Porta Bandeira Lúcia Nobre, em samba enredo composto por Billi Conty, Dominguinhos, Ildo dos Santos, Juarez Rosseto, Marã e J. J Santos, tendo como intérpretes na avenida a dupla Thiago Brito e Wantuir Oliveira. A escola foi a única rebaixada para o Grupo Ouro (antigo Grupo de Acesso A) em desfile do ano de 2014. No ano de 2015 a escola classificou-se em oitavo lugar no Grupo de Acesso Série A.   BIBLIOGRAFIA CRÍTICA:   ALBIN, Ricardo Cravo. Dicionário Houaiss Ilustrado Música Popular Brasileira - Criação e Supervisão Geral Ricardo Cravo Albin. Rio de Janeiro: Edição Instituto Antônio Houaiss, Instituto Cultural Cravo Albin e Editora Paracatu, 2006. AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Esteio Editora, 2008. 2ª ed. Esteio Editora, 2010. 3º ed. EAS Editora, 2014. ARAÚJO, Hiram. Carnaval - Seis milênios de história. Rio de Janeiro: Editora Gryphus, 2000.

Mais visitados
da semana

1 Elis Regina
2 Ronaldo Bôscoli
3 Noel Rosa
4 Irmãs Galvão
5 Caetano Veloso
6 Isolda
7 Tom Jobim
8 Luiz Gonzaga
9 Chitãozinho e Xororó
10 César Camargo Mariano