Busca:

G. R. E. S. Acadêmicos da Rocinha



Dados Artísticos

Originária de três blocos carnavalescos da Rocinha, bairro-favela da Zona Sul do Rio de Janeiro. Fundada em 30 de março de 1988, tem na sua bandeira as cores verde, azul e branco. Sua sede fica situada à Rua Berta Lutz, 80. Apresentou-se pela primeira vez em 1980, como Escola de Samba, disputando uma vaga no Grupo de Acesso. O desfile foi em Madureira, na Estrada Intendente Magalhães. Nesta primeira apresentação, a escola teve como carnavalesco João Jorge Trinta, obtendo o título de campeã. Seu Presidente de Honra, Luiz Carlos Baptista, foi assassinado brutalmente em um dos ensaios da escola, chocando toda a comunidade. Naquele ano, quase que a escola não saiu devido ao luto. Segundo Hiram Araújo, no livro "Carnaval - Seis Mil Anos de História", a escola obteve as seguintes colocações: 1989, primeiro lugar no Grupo de Acesso, com o enredo "O Esplendor dos Divinos Orixás"; 1990, primeiro lugar no Grupo 3, com o enredo "Um Coração Chamado Brasil"; 1991, primeiro lugar no Grupo 2, com o enredo "Do Esplendor da Roma Pagã, ao Despertar da Rocinha"; 1992, quinto lugar no Grupo 1, com o enredo "Pra Não Dizer que não Falei das Flores"; 1993, sexto lugar no Grupo 1, com o enredo "Tristão e Isolda uma Ópera no Asfalto"; 1994, quarto lugar no Grupo 1, com o enredo "Humor Pra Dar e Vender"; 1995, terceiro lugar no Grupo 1, com o enredo "Sem Medo de Ser Feliz"; 1996, segundo lugar no Grupo 1, com o enredo "Bahia Com Muito Amor"; 1997, 16º lugar no Grupo Especial, com o enredo "A Viagem Encantada de Zé Carioca à Disney"; 1998, nono lugar no Grupo 1A, com o enredo "Tá... Na Ponta da Língua"; 1999, desfilou no Grupo B; 2000, desfilou no Grupo de Acesso A, com o enredo "O Sonho da França Antártica de Villegaignon"; 2001, primeiro lugar no Grupo B, com o enredo "E Deus Criou a Mulher". No ano de 2002 classificou-se em 7º lugar no Grupo de Acesso.
Em 2005 foi a campeã no Grupo de Acesso A com o enredo "Um Mundo sem Fronteiras", do caranvalesco Alex de Souza, passando a desfilar no Grupo Especial.
No ano de 2006 classificou em 14º lugar com o samba-enredo "Felicidade não tem preço", de Marquinhos, Marinho e Wander Timbalada, interpretado por Anderson Paz, sendo rebaixada para o Grupo de Acesso A., com enredo do caranvalesco Alex de Souza.
Em 2007 desfilou no Grupo de Acesso A com o enredo "O Gigante Mundo dos Pequenos", de Mauro Quintaes.
Em 2008 classificou-se em 2º lugar no Grupo de Acesso A em desfile no Sambódromo com o enredo "Rocinha é Minha Vida... Nordeste é Minha História!", de Fábio Ricardo.
No ano de 2009 desfilou com o enredo "Tem francesinha no salão... O Rio no meu coração", de Fábio Ricardo, classificando a escola em terceiro lugar do Grupo de Acesso A.
Em 2010 desfilou com o enredo "Ykamiabas", do carnavalesco Fábio Ricardo, classificando-se em décimo lugar no Grupo de Acesso A.
No ano de 2011 classificou-se em nono lugar no desfile do Grupo de Acesso A com o enredo "Rocinha! Estou vidrado em você", do carnavalesco Luiz Carlos Bruno. BIBLIOGRAFIA CRÍTICA: ALBIN, Ricardo Cravo. Dicionário Houaiss Ilustrado Música Popular Brasileira - Criação e Supervisão Geral Ricardo Cravo Albin. Rio de Janeiro: Instituto Antônio Houaiss, Instituto Cultural Cravo Albin e Editora Paracatu, 2006.
AMARAL, Euclides. Alguns Aspectos da MPB. Rio de Janeiro: Edição do Autor, 2008. 2ª ed. Esteio Editora, 2010.

Mais visitados
da semana

1 Pixinguinha
2 Chico Buarque
3 Nelson Cavaquinho
4 Clementina de Jesus
5 Lupicínio Rodrigues
6 Caetano Veloso
7 Tom Jobim
8 Francisco Alves
9 Noel Rosa
10 Sylvia Telles