Busca:

Forró da Brucelose



Dados Artísticos

Nascimento Filho: Acordeom

Gilson Neto - Acordeom

Antônio Lira - Acordeom

Lalá - Guitarra

Pelanco - Guitarra

Chico Dantas - Violão

Toninho - Baixo

Maurício - Baixo

Cláudia - Vocal

Dinha - Vocal

Dôra - Vocal

Walkiria - Vocal

Gino - Vocal

Marquinhos - Vocal

Banda de forró.

Foi criada pelo médico e compositor Gilson Neto para acompanhá-lo. O debochado nome da banda surgiu em virtude da péssima qualidade dos músicos que a formavam. Brucelose é uma doença característica do gado. O primeiro CD da banda foi lançado em 1995 e vendeu cerca de 25 mil cópias, com destaque para "O dia nascendo", de Gilson Neto e Lígia Dantas, "Pinote do garrote", de Savinho e "Me leva vaqueiro", de Lígia Dantas.

Em 1996, a banda lançou seu segundo CD, destinado aos amantes da vaquejada, obtendo a marca de 32 mil cópias vendidas, com destaque para as músicas "Amor vinho e paixão", de Félix Porfírio e Noel Tavares, "Solidão", de Gilson Neto e "Amor menino", de Chico Dantas, Marco D'Lima e Gilson Neto. Em 1997, a banda vendeu 150 mil cópias em seu terceiro CD e passou a fazer sucesso em todo o nordeste do Brasil. O segundo CD apresentou como destaques as músicas "Sede de te amar", de Carlúcio Cardoso, "Doce pecado", de Gino Liver e Gilson Neto, "Raios de neon", uma versão de música de Freddie Perren, "É o amor", de Gilson Neto e "Falta um boi vaqueiro", de Juvenal Oliveira.

Em 1998, a banda estourou definitivamente em todo o nordeste, com a vendagem de mais de 300 mil cópias de seu quarto CD, fazendo uma mistura de forró com música sertaneja, com destaque para "Te amo demais", de Marquinhos Maraial e Gilson Neto, "Porque brigamos", uma versão de Rossini Pinto para a música "I'm said", de Neil Diamond e "Se uma lágrima rolar", de Carlucia Cardoso.

Em 1999, a banda lançou o primeiro disco ao vivo, gravado no Água Park, em Gravatá (PE), na Glória do Goitá em São Luiz (MA) e no Clube do Vaqueiro em Fortaleza (PE), incluindo no repertório ritmos como forró romântico, xote, xaxado, baião, marcha e música sertaneja. Foram gravados sucessos como "Doce pecado", "Sede de te amar", "O dia nascendo" e "Me leva vaqueiro", entre outras, além de clássicos como "Sala de reboco", de Luiz Gonzaga e José Marcolino e "Frevo mulher", de Zé Ramalho.

Em 2000, a banda gravou seu sexto CD com as participações especiais de Zé Ramalho e de Novinho da Paraíba, destacando-se as composições "O homem quando ama", de Marquinho Maraial, Genaro e Gilson Neto, "Vontade louca", de Gilson Neto, "Monogâmicos", de Josã e Gilson Neto e "Cavalo do cão", de Zé Ramalho. A banda costuma apresentar-se constantemente em feiras agropecuárias, rodeios e vaquejadas, fazendo uma média de 12 shows por mês.

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Eumir Deodato
3 Assis Valente
4 Chico Buarque
5 Noel Rosa
6 Dorival Caymmi
7 Tom Jobim
8 Lupicínio Rodrigues
9 Caetano Veloso
10 Romildo