Busca:

Fogaça

José Alberto Fogaça de Medeiros
13/1/1947 Porto Alegre, RS

Dados Artísticos

Em 1975, sua canção “Vento negro” foi incluída no repertório do disco “Almôndegas” (Continental), lançado pelo grupo homônimo. O conjunto registrou, ainda nos anos 1970, suas parcerias com Kledir Ramil “Mi triste Santiago”, no LP “Aqui” (Continental/1976), além de “Piquete do Caveira” e “Há um pouco do meu coração em Portugal”, no LP “Alhos com bugalhos” (Phonogram/1977).

Constam ainda da relação dos intérpretes de suas canções os seguintes artistas: Fafá de Belém, que gravou “Vento negro” no LP “Tamba Tajá” (Polydor/1976), “Sexto sentido” (c/ Hermes Aquino) no LP “Crença” (Polygram/1980), “Aprendizes da esperança” (c/ Kleiton Ramil), canção-título do LP lançado pela Som Livre em 1985, e “Mulheres do Brasil” (c/ Pery) no LP “Atrevida” (Som Livre/1986); Hermes Aquino, que gravou “Guantanamo”, parceria de ambos, no LP “Desencontro de primavera” (Tapecar/1977); Quarteto em Cy, que gravou “Vinho amargo” (c/ Kledir Ramil) no LP “Quarteto em Cy em 1.000 kilohertz” (Polygram/1979); MPB-4, que gravou “Viração” (c/ Kledir Ramil) no LP “Vira virou” (Ariola/1980); a dupla Kleiton & Kledir, que gravou “Viração” e “Vinho amargo”, ambas com Kledir Ramil, e “Cuña Pajé” (c/ Kleiton Ramil) no LP “Kleiton & Kledir” (Ariola/1980), além de “Lagoa dos Patos” (c/ Kledir Ramil) e “Semeadura” (c/ Vitor Ramil) no LP “Kleiton & Kledir” (Ariola/1981); Olívia Hime, que gravou “Filha mulher” (c/ Kleiton Ramil) no LP “Olívia Hime” (RGE/1981) e “Estrela guria” (c/ Pery) no LP “Segredo do meu coração” (Opus Columbia/1982); Vitor Ramil, que gravou “Semeadura”, parceria de ambos, no LP “A paixão de V segundo ele próprio” (Som Livre/1984), Nara Leão (“Hei de voltar pro Sul”, com Kledir Ramil); Mercedes Sosa (“Viração”, com Kledir Ramil); e Isabela Fogaça.

Em 2003, suas canções "Cidade do Menino Deus", "Beijo de Natal", "Rock de Natal", "Antigos Natais" e "Era Uma Vez um Menino" (c/ Luiz Coronel), além de suas versões "Silver Bell" (Joy Livingston e Ray Evans), "Eu vi mamãe beijar Papai Noel" (Tommie Connor) e "Tá chegando o Papai Noel" (Dizzy Gillespie), foram incluídas no repertório do CD “Um Natal em família”, com Isabela Fogaça, vendido exclusivamente na rede de lojas do Supermercado Zaffari.

Publicou o livro de crônicas “Uma geração amordaçada” (Editora Movimento/1978) e a coletânea de letras e poemas “Aprendizes da esperança” (L&PM/1986).

Sua obra foi registrada em três discos: “A música de Fogaça” (Polygram/1982), “Fogaça, amigos e canções” (Som Livre/1998) e “Alma Gaúcha” (2004). Constam do repertório deste último as faixas “Brasileira demais”, “Porto Alegre é demais” e a canção-título, todas interpretadas por Isabela Fogaça, “Chega bem pra cá”, interpretada por Jáder Cardoso, “Luciernaga curiosa”, interpretada por Evandro Garcia, “Salve os Carnavais”, interpretada por Rosa Franco, “Domingo no Bingo”, interpretada por Careca da Silva, “Mulheres do Brasil”, interpretada por Elaine Geissler, Isabela Fogaça, Loma, Lúcia Helena, Ângela Jobim e Marisa Rotemberg, “Meu piano”, interpretada por Vitor Hugo, e “Brenda Lee”, interpretada por Kleiton e Kledir.

Em 2004, criou o jingle "Porto Alegre é demais", bastante veiculado nas rádios locais, na interpretação de Isabela Fogaça ("Porto Alegre é que tem um jeito legal/É lá que eu vivo em paz/Porto Alegre é demais").

Foi homenageado por Kleiton e Kledir na canção “Deu pra ti” (“...Que saudade da Redenção, do Fogaça e do Falcão...”).

Nota: Este verbete foi produzido a partir de informações generosamente cedidas por Emílio Pacheco ao Instituto Cultural Cravo Albin.

Mais visitados
da semana

1 Noel Rosa
2 Lupicínio Rodrigues
3 Garoto
4 Nalva Aguiar
5 Luiz Gonzaga
6 Pixinguinha
7 Assis Valente
8 Tom Jobim
9 Elza Soares
10 Caetano Veloso