Busca:

Flávio Paiva

Flávio Sílvio Paiva Cavalcante
20/3/1959 Independência, CE

Dados Artísticos

Compôs com vários artistas do Ceará e do Brasil, e foi criador e coordenador do Fórum pelo Fortalecimento da Música Plural Brasileira de 1995 a 2002.
Em 1992, integrou manifestações críticas aos 500 anos de descoberta do continente americano, compôs “O Continente Encontrado”, parceria com o maestro Tarcísio José de Lima. A música fez parte do LP América, que trouxe repertório de autores nacionais e internacionais interpretado pela cantora Olga Ribeiro.

Em 1994, reuniu, no CD autoral “Rolimã”, lançado pelo selo Cameratti, músicos e intérpretes do Ceará.

Em 1997, lançou, em parceria com a cantora maranhense Anna Torres e ao músico paulista Paulo Lepetit, o CD “Terra do Nunca”, com composições de sua autoria, interpretações de Anna Torres e arranjos de Paulo Lepetit.

No final da década de 1990, motivado pelo nascimento dos seus filhos, começou a desenvolver trabalhos literários e musicais voltados para o universo infantil, e lançou o CD “Samba-le-lê”, em 1999, e “Bamba-la-lão”, em 2001, ambos com músicas infantis de sua autoria interpretadas por Olga Ribeiro.
Com esses discos, recebeu o “Prêmio NelSons da Música Cearense”, nas categorias “Melhor Compositor” e “Melhor Disco de Música Infantil” nos anos 2000 e 2001, respectivamente.

Em 2004, lançou o CD/Livro “Flor de Maravilha”, pela Cortez Editora, com 20 músicas infantis cantadas por Olga Ribeiro.
Em 2005, lançou o CD/Livro “Benedito Bacurau”, pela Cortez Editora, com ilustrações sonoras e histórias narradas por Antônio Nóbrega.
Em 2007, lançou o CD/Livro “A Festa do Saci”, pela Cortez Editora, com 13 faixas interpretadas por Giana Viscardi, Suzana Salles, Orlângelo Leal e Marcelo Pretto.
Em 2010, lançou o CD/Livro  “A Casa do Meu Melhor Amigo”, também pela Cortez Editora, com 10 composições inéditas gravadas por Lucas Espíndola e Rodolfo Rodrigues, e com participações especiais de André Abujamra, Ná Ozzetti, Sérgio Espíndola e Edvaldo Santana.
Em 2012, lançou o CD/Livro “Se Você Fosse um Saci”, pelo Armazém da Cultura.
Em 2014, lançou o livro-CD “Invocado – um jeito brasileiro de ser musical”, pelo Armazém da Cultura, com composições próprias, e mais algumas de outros compositores cearenses, interpretadas pela Banda Dona Zefinha. O CD também conteve uma adaptação inédita da peça “Dança de Negros – Batuque”, composta pelo maestro Alberto Nepomuceno em 1887 e que ganhou letra de Flávio Paiva, André Magalhães e Fanta Konatê, interpretada por uma cantora africana da Guiné-Conacri, cantando em seu idioma, malinkê.
Pela sua obra literária e artística, em 2001, recebeu a “Comenda do Dia da Cultura e da Ciência”, pela Fundação de Cultura, Esporte e Turismo do Ceará – FUNCET; em 2003, a “Medalha Capistrano de Abreu”, outorgada pela Prefeitura Municipal de Maranguape; em 2005, o “Título de Cidadão de Fortaleza”, conferido pela Câmara Municipal de Fortaleza; e, em 2010, o troféu “Os 30 Cearenses Mais Influentes”, na categoria Artistas e Intelectuais, conferido pela Revista “Fale”.

Mais visitados
da semana

1 Enzo Romani
2 Hermeto Pascoal
3 Noel Rosa
4 Festival da Música Popular Brasileira (TV Record)
5 Lundu
6 Chico Buarque
7 Luiz Gonzaga
8 Música Junina
9 Gilberto Gil
10 Leo Canhoto e Robertinho