Busca:

Fernando Temporão

Fernando Penello Temporão
26/1/1983 Rio de Janeiro, RJ

Não deixe de ver:

Dados Artísticos

Iniciou sua carreira artística, atuando como cantor e violonista do grupo Sereno da Madrugada, formado em 2005.  Em 2009 viajou em turnê pela Europa com o grupo Sereno da Madrugada, apresentando-se no “Festival da Cultura Brasileira”, em Genebra (Suíça); na Maison du Brésil e no Satelitt Café, em Paris (França); no ArmazémF, em Lisboa (Portugal). Nesse mesmo ano o grupo se apresentou na casa de shows Feitiço Mineiro, em Brasília (DF). Em 2010 lançou, com o grupo Sereno da Madrugada, o CD “Modificado”, que contou com duas composições de sua autoria, “Você mudou” e “Copo de agonia”. O show de lançamento do disco foi apresentado no Teatro Rival no Rio de Janeiro nesse mesmo ano. Em 2012 lançou, em parceria com o instrumentista e compositor João Callado, o CD “Primeira Nota”, que contou com 12 faixas inéditas da autoria de ambos. No disco interpretou, ao lado de Soraya Ravenle, a música “Valsa de marés”, entre outras como “Janeiro” e “Primeira nota”. Também participaram do disco os cantores Moyseis Marques em “Nem bossa nem blues”, Áurea Martins em “Sorri”, Marcos Sacramento em “Quebra-quebra”, Teresa Cristina em “Girassol” e Monica Salmaso em “Clara”. O show de lançamento do CD foi realizado no Teatro Rival, no Rio de Janeiro, e contou com a participação de todos os convidados do disco. Ainda em 2012 se apresentou na casa de shows Semente, no Rio de Janeiro, ao lado da cantora Soraya Ravenle. Participou do programa “Agora no Ar” da rádio Roquette-Pinto, com roteiro e apresentação de Ricardo Cravo Albin, no qual apresentou, ao lado de João Callado, músicas do disco “Primeira Nota”. Teve composições gravadas por artistas como Áurea Martins, Moyseis Marques, Matheus Von Kruger, Maíra Martins. Em 2014 lançou seu primeiro CD solo “De dentro da gaveta da alma da gente”, produzido por Kassin e Alberto Continentino. O disco incluiu composições autorais, dentre as quais “Bambolê”, “Corda bamba”, “De dentro da gaveta da alma da gente”, “Dois pra lá”, “fuga azul”, “Lua e maré”, “Melancholica” (c/ Mauro Aguiar), “O que é bonito”, “Renata”, “Sem cair do céu” (c/ Domenico Lancellotti). O show de lançamento do disco foi apresentado no Solar de Botafogo, no Rio de Janeiro. Nesse mesmo ano relançou o CD solo “Dentro da gaveta da alma da gente” em formato vinil roxo de 180 gramas. O disco incluiu as faixas inéditas e autorais “Tudo pode ser” e “Apreço”, produzidas por Kassin. Em 2016 lançou o CD autoral “Paraíso”, produzido por Kassin. O disco incluiu as faixas “Dança”, “Paraíso” (c/ Ava Rocha), “Afinal” (c/ César Lacerda), “Sem fantasia” (c/ César Lacerda), “Dia de seguir” (c/ Thiago Camelo), “Um milhão de novas palavras” (c/ César Lacerda), “Manto”, “Exílios” (c/ Filipe Catto), “Tudo o que é tristeza” (c/ Thiago Camelo) e “Dois” (c/ Brno Di Lullo).

Mais visitados
da semana

1 José Camillo
2 Caetano Veloso
3 Moreno Veloso
4 Rodrigo Vellozo
5 Mayck e Lyan
6 Sivuca
7 Clara Nunes
8 Tiee
9 Noel Rosa
10 Renato Barros