Busca:

Fernando de Oliveira

Fernando de Oliveira
4/1/1944 Ipiaú, BA

Dados Artísticos

Em 1973 classificou-se em primeiro lugar no "Festival de Música da UFBA" com composição em parceria com Toinho Senna. Nesse mesmo ano começou a compor com a violonista e cantora Rosa Passos, com quem participou de diversos festivais universitários em Salvador. Entre 1973 e 1975 integrou o grupo Arquipélago, ao lado de Rosa Passos, Guilherme Montenegro, Antonio Carlos Sena, Elmo, Paulo Garcez e Paulo Passos, entre outros. Com esse coletivo de artistas (poetas, músicos e letristas) promoveu diversos debates e shows na capital baiana. Em 1979 dez de sua parceria com Rosa Passos foram registradas pela cantora no disco "Recriação", entre as quais "Bolero de esperar", "Caminho de Santana" e "Noturno", além da faixa-título. Várias composições deste mesmo disco seriam regravadas mais tarde por outros artistas. Neste mesmo ano Nana Caymmi regravou "Formicida, corda e flor" e a cantora Celeste regravou, no LP "Laço de cobra", "Procura-se um samba"  e "Saudade da Bahia". No ano seguinte, em 1980, Rosa Passos participou da coletânea "Essas mulheres" interpretando a faixa "Estrela-cine-teatro", de sua parceria com Fernando Oliveira. Em 1993 Rosa Passos voltou a registrar a parceria da dupla, com destaque para "Dunas", "Salada tropical", "Festa", "Chuva de verão" e "Juras", no CD "Festa", lançado pela gravadora Velas. Três anos depois, em 1996, Rosa Passos interpretou outras composições da dupla no CD "Pano pra manga", tais como "Verão", "Samba com pressa", "Samba sem você", "Amorosa", "Barcos" e "Espelhos". O disco contou com a participação especial de Ivan Lins na faixa "Abajur lilás", parceria com Ivan Lins e Rosa Passos. A composição seria regravada mais tarde por Leny Andrade.  Em 1999 Danilo Caymmi regravou "Juras". Nesse mesmo ano, Rosa Passos gravou o CD "Morada do samba" (Lumiar Discos), no qual incluiu "Esmeraldas", "Pequena música noturna", "Roseira" e "Alma de blues", músicas de sua parceria com a cantora. No ano de 2003 Rosa Passos lançou o CD "Eu e meu coração", no qual incluiu, da parceira de ambos, as músicas "Juras" e "Dunas". Em 2006 Rosa Passos lançou o disco "Rosa", em formato voz e violão. No repertório constaram as composições "Demasiado blue" e "Detalhe", parceira de ambos.  Em 2013, no CD "Samba dobrado", de Rosa Passos, em homenagem à obra de Djavan, compôs em dupla com a cantora a faixa "Doce menestrel", em homenagem ao compositor. No ano de 2016 participou da "FLIGÊ" (Feira Literária de Mucugê), em Salvador, na qual proferiu palestra. No ano seguinte, em 2017, foi um dos autores convidados para a "A Feira Literária de Andaraí - FLIAN", na cidade histórica de Andaraí, da Chapada Diamantina, no Estado da Bahia, onde ministrou uma oficina sobre "POESIA METRIFICADA" para alunos de colégios públicos e fez o lançamento do seu livro de poemas "O Livro das Estações", além de participar de uma mesa sobre o "Tropicalismo", ao lado do poeta Jose Carlos Capinan e do Secretário Estadual de Cultura, Jorge Portugal. Ainda em 2017, lançou "O Livro das Estações", na cidade de Jequié, Bahia, nas comemorações dos 120 anos da cidade, no Centro Cultural de ACM, com show do parceiro, o violonista e cantor Carlos Pitta, interpretando composições feitas a partir de poemas do livro, acomompanhado por Leonardo Barros Reis (violão), Kito Matos (violão), Gel Barbosa (acordeon) e Badega (bateria), além da participação especial da cantora, compositora e violonista Rita Tavarez, também parceira musical do poeta. No ano de 2019 Rosa Passos lançou o CD "Amanhã vai ser verão", no qual interpretou da parceria de ambos as faixas "Tarde demais", "Essas tardes assim", "Partilha", "Bésame poco" e "Banquete". Esta última a cantora gravou em dueto com Zé Luiz Mazziotti. Entre seus muitos parceiros constam Rosa Passos, Carlos Pitta, Zeca Freitas, Ivan Lins, Walmir Palma, Lula Gazineu, Paulo Diniz e o pianista Kiko Continentino. Entre seus intérpretes destacam-se Nana Caymmi, Rosa Passos, Maria Creusa, Ivan Lins, Ivete Sangalo, Danilo Caymmi, Jane Duboc, o americano Kenny Rankin Zé Luiz Mazziotti e Leny Andrade em "Samba sem você", além da dupla Emílio Santiago e Rosa Passos na regravação desta mesma composição.

Mais visitados
da semana

1 Tiee
2 Pixinguinha
3 Luiz Gonzaga
4 Eumir Deodato
5 Raul Seixas
6 Nelson Gonçalves
7 Garoto
8 Elza Soares
9 Dorival Caymmi
10 Caetano Veloso