Busca:

Fernando de Lima

Fernando Antônio Menas Pinto de Lima
13/6/1959 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Em 1989, o Grupo Sampa, no disco "Pagode da família", interpretou uma composição de sua autoria em parceria com Franco e Marquinhos PQD. A música deu nome ao disco do grupo. No ano seguinte, a Escola Canários de Laranjeiras desfilou com o samba-enredo "Máscaras" (Fernando de Lima, Fabiano e Verinha).

No ano de 1992, a Escola Canário de Laranjeiras desfilou com "Mãe África", samba-enredo de sua autoria em parceria com Elcy e Dirceu. No ano seguinte, fazendo parte da Ala de compositores da Mangueira, a escola levou para a avenida o samba-enredo "Dessa fruta eu como até o caroço" (c/ Bira do Ponto, Gustavo, Eraldo, Preto, Dirceu, Verinha e Nei Mattos). Ainda em 1993, outras escolas desfilaram com sambas de sua autoria: Grêmio Recreativo Mocidade Independente de Vila Isabel de Três Rios, samba-enredo "A magia das cores", em parceria com Dirceu, Elcy e Charles; Escola Raça Brasileira da cidade de Sumidouro, enredo "Raça brasileira no espaço sideral" (c/ André Freire).

Em 1994, duas escolas, Raça Brasileira e Canários de Laranjeiras, desfilaram respectivamente com os sambas-enredos "Alibabá e os 40 ladrões" (c/ André Freire) e "Kaleidoscópio" (c/ Elcy, Charles e Dirceu). No ano seguinte, o samba-enredo "A esmeralda do Atlântico", em parceria com Paulinho Carvalho, Rody e Verinha, foi entoado pela Mangueira, no Sambódromo, e a Escola Canário de Laranjeiras desfilou com o samba-enredo "Quem é bom, já nasce feito" (c/ Elcy, Charles e Dirceu).

No ano de 1996, a Escola Mangueira do Amanhã levou para a avenida outro samba-enredo de sua autoria, "Escolinha do professor Raimundo", em parceria com Tia Zélia, Paulinho e os Meninos da Mangueira. Neste mesmo ano, Beth Carvalho interpretou de sua autoria "Se você soubesse" no disco "Brasileira da gema". No ano seguinte, a São Clemente cantou "A São Clemente Botafogo na Sapucaí", de sua autoria com Ricardo Góes, Ronaldo Soares e Chocolate.

Em 1998, vários sambas-enredos de sua autoria foram vencedores: "Maiores são os poderes do povo" (c/ Ricardo Góes, Chocolate e Ronaldo Soares), pela São Clemente; "Menino passarinho" (c/ Márcio Souto, Boró, Ronaldo Soares e Ricardo Góes), na Escola Canários de Laranjeiras; "A odisséia cubanga em verdes mares" (c/ Márcio Souto, Márcio André, Boró e Huguinho), na Acadêmicos de Cubango; "Sou vizinha faladeira delirando a passarela" (c/ Carlinhos Danoninho), na Escola Vizinha Faladeira, e, ao lado de Ricardo Góes, Ronaldo Soares e Márcio Souto, foi autor do samba-enredo "Alegria, alegria, o circo chegou", para a Escola de Samba Foliões de Botafogo.

No ano de 1999, compôs com Chocolate, Ricardo Góes e Ronaldo Soares o samba "A São Clemente comemora e traz Rui Barbosa para os braços do povo", para o defile da São Clemente. Neste mesmo ano, sua composição "Se você soubesse" foi incluída no disco "Millenium - As 20 melhores músicas do século". Ainda neste ano, "Leite preto", em parceria com Edmundo Souto e Paulinho Tapajós, foi interpretada por Carmen Queiroz e lançada pela gravadora CPC/Umes.

No ano 2000, várias escolas defilaram com sambas-enredos de sua autoria: Porto da Pedra ('Ordem, progresso, amor e folia no milênio da fantasia'); Canários de Laranjeiras ('Canários em louvação'); Unidos da Ponte ('As damas do samba') e Unidos do Amaparo, escola da cidade de Friburgo, com o samba-enredo "Na Era de Aquários", em parceria com André Freire.

Em 2001, a Escola de Samba Estácio desfilou com "E aí, tem patrocínio? Temos José" (c/ Edir, Zé Carlos e Zé Pezão).

No ano de 2003, em parceria com Doutro, Eli Penteado, Jorge Charuto e Marquinhos Bombeiro, compôs o samba-enredo "Do universo teatral à ribalta do carnaval", com o qual o Grêmio Recreativo e Escola de Samba Acadêmico de Santa Cruz.

Mais visitados
da semana

1 Luiz Gonzaga
2 Festivais de Música Popular
3 Chico Buarque
4 Caetano Veloso
5 Música Sertaneja
6 Dorival Caymmi
7 Música Junina
8 Hermeto Pascoal
9 Noel Rosa
10 Gonzaguinha