Busca:

Fernando Brant

Fernando Rocha Brant
9/10/1946 Caldas, MG
12/6/2015 Belo Horizonte, MG

Não deixe de ver:

Dados Artísticos

Em 1967, participou do "II Festival Nacional da Canção" (TV Globo) com a composição "Travessia", parceria com Milton Nascimento, classificada em 2º lugar no evento, em interpretação do próprio Milton Nascimento, que a registrou em seu primeiro LP lançado nesse ano. Em 1968, participou do "IV Festival de Música Popular Brasileira" (TV Record), com "Sentinela" (c/ Milton Nascimento), defendida por Cynara e Cybele. Seguiram-se inúmeras composições em parceria com Milton Nascimento, registradas nos discos desse compositor e cantor, como "Outubro", "Beco do Mota", "Sunset Marquis 333 Los Angeles" e "Rosa do ventre".  Em 1970, escreveu (c/ Milton Nascimento) a trilha sonora de "Tostão, a Fera de Ouro", curta-metragem de Ricardo Gomes Leite e Paulo Laender, com destaque para "Aqui é o país do futebol". Ainda neste ano, Milton Nascimento gravou de sua autoria "Para Lennon e McCartney" (c/ Lô Borges e Marcio Borges) e "Durango Kid" (c/ Toninho Horta).  Em 1972, suas composições "San Vicente" e "Ao que vai nascer", ambas em parceria com Milton Nascimento, e "Paisagem na janela" (c/ Lô Borges) foram incluídas no histórico LP "Clube da Esquina" , de Milton Nascimento e Lô Borges.  Dois anos depois, em 1974, o disco "Milagre dos peixes", de Milton Nascimento, registrou novamente a parceria dos dois compositores na faixa-título e "Escravos de Jó".  Considerado o principal letrista de Milton Nascimento, continuou trabalhando com o parceiro durante as décadas de 1980 e 1990. Com mais de 200 músicas gravadas, a dupla registrou inúmeros sucessos, como "Maria, Maria", "Planeta blue", "Promessas do sol", "Travessia", "Canção da América", "Saudade dos aviões da Panair (Conversando no Bar)", "Encontros e despedidas", "Nos bailes da vida" e "San Vicente", além dos já citados.  Em 1998, "Janela para o mundo" e "Louva-a-deus" (c/ Milton Nascimento), fizeram parte do repertório de "Nascimento", disco premiado com o "Grammy" desse ano.  Além dos parceiros referidos, compôs também com Tavinho Moura ("Nossa Senhora de Ó", entre outras) e Sirlan ("Nove anos" e "Profissão de fé", entre outras).  Em 2000, trabalhou no musical "Fogueira do divino", para o qual escreveu 20 letras inéditas, que receberam arranjos musicais de Nivaldo Ornellas e Tavinho Moura.  Em 2011, em parceria do Instituto Cultural Cravo Albin com o selo Discobertas, foi lançado o box "100 Anos de Música Popular Brasileira", contendo quatro CDs duplos, com áudio restaurado por Marcelo Fróes da coleção  de oito LPs da série homônima produzida por Ricardo Cravo Albin, em 1975, com gravações raras dos programas radiofônicos "MPB 100 ao vivo" realizadas no auditório da Rádio MEC, em 1974 e 1975. O compositor participou do volume 6 da caixa, com sua composição "Travessia", com Milton Nascimento, na voz de Rosana Toledo. Em 2014 a cantora e compositora Silvia Nicolatto regravou "Canoa, canoa", com Nélson Angelo. No ano de 2019, pela gravadora Biscoito Fino, foi lançado o disco-homenagem "Vendedor de Sonhos", no qual vários intérpretes e parceiros registraram a sua obra com arranjos inéditos produzidos por seu sobrinho Robertinho Brant, também produtor do CD. No disco participaram Beto Guedes ('San Vicente'); Boca Livre ('Credo'); Milton Nascimento ('O medo de amar é o medo de ser livre'); Djavan ('Milagre dos peixes'); Dori Caymmi (Sentinela'); Samuel Rosa ('Paisagem na janela'); Lô Borgs ('Durango Kid'); Seu Jorge ('Saída e bandeira nº 1'); Toninho Horta ('Travesia') e Joyce Moreno (Saudade dos aviões da Panair'), além de Nina Becker, Mônica Salmaso, Roberta Sá, Fernanda Takai,Tadeu Franco, Zé Renato, Vander Lee, Paula Santoro, Tavinho Moura, Flávio Venturini e Marina Machado, nas 20 faixas do trabalho.

Mais visitados
da semana

1 Jorge Portugal
2 Renato Barros
3 Festival MPB 80 (Rede Globo)
4 Caetano Veloso
5 Mayck e Lyan
6 Tiee
7 Leo Canhoto e Robertinho
8 Sivuca
9 Moreno Veloso
10 Noel Rosa