Busca:

Fernanda Chaves Canaud

Fernanda Chaves Canaud
20/1/1962 Rio de Janeiro, RJ

Dados Artísticos

Obteve oito prêmios em concursos nacionais de piano e bolsa de Sergei Dorensky para estudar no Conservatório de Moscou, em 1988.

Apresentou-se com renomadas orquestras brasileiras, além de ter tocado em diversas salas de concerto do Brasil, atuando em recitais como solista e camerista, e em festivais e eventos tradicionais, como a Bienal de Música Contemporânea Brasileira e o Festival Villa-Lobos.

No exterior tocou como solista no Festival de Música da Umbria, na Itália. Realizou recitais na França, na Inglaterra, Holanda, Espanha, Suíça e Colômbia.

Especializou-se como conhecedora da obra de Radamés Gnattali.

Em 1991, a convite de Arthur Moreira Lima, foi responsável pela programação artística da Sala Cecília Meireles.

Em 1993, lançou pela Jungle Jazz Records o CD "Radamés Gnattali", indicado ao Prêmio Sharp de Música.

Em 1996, lançou o CD "Fernanda Chaves Canaud", também dedicado a Radamés Gnattali. Sobre esse trabalho disse Antônio Carlos Jobim: "Fernanda Chaves Canaud é uma pianista maravilhosa e Radamés é o nosso mestre querido e inesquecível. A união dos dois faz este disco mais importante ainda para a música brasileira popular e erudita. Muito bom. Bravo!". No mesmo ano, em duo com José Botelho, lançou o CD "Música Brasileira para clarineta e piano", pela gravadora Rio Arte Digital.

Em novembro de 1998, participou do Festival Villa-Lobos, como solista da Orquestra Sinfônica Nacional, tocando a Bachiana nº 2 para piano e orquestra. Em dezembro do mesmo ano, retornou a Londres a convite da Embaixada do Brasil, para um concerto na tradicional Igreja St. Martin-in-the-Fields.

Sua vasta experiência como camerista inclui formações com os músicos Raphael Rabello, Joel Nascimento, Henrique Cazes, Turíbio Santos, Paulo Sérgio Santos, Olivia Byington e Edgard Duvivier, entre outros.

Mais visitados
da semana

1 Kátia Di Tróia
2 Noel Rosa
3 Caetano Veloso
4 Gonzaguinha
5 Gal Costa
6 Paulo Soledade
7 Tiee
8 Psirico
9 João Cavalcanti
10 José Camillo